Números revelam avanços em 30 dias de cogestão no Pronto Socorro

Na última quinta-feira (8) , foram completados 30 dias de cogestão no Pronto Socorro Municipal. A gestão da unidade vem sendo compartilhada entre a Prefeitura de Penápolis e a Organização Social (OS) Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui, com o objetivo de melhorar a qualidade do atendimento oferecido à população.

Diante disso, a Secretaria Municipal de Saúde está divulgando à comunidade os primeiros dados de atendimentos do Pronto Socorro a partir deste novo sistema de gerenciamento. Na avaliação da administração municipal, foram constatados vários avanços, tanto do ponto de vista de produtividade quanto de qualidade.

“Esses avanços estão sendo atestados por meio da própria população, que tem nos procurado para elogiar e agradecer, estabelecendo assim um feedback muito importante”, comentou o prefeito de Penápolis, Célio de Oliveira.

“Nossa Ouvidoria Municipal também comprova que, logo de início, houve uma diminuição drástica de reclamações recebidas em relação ao atendimento na unidade durante o último mês. De 20 reclamações que recebíamos por semana, o índice caiu para duas reclamações no mês”, revelou ele.

“Isso nos deixa satisfeitos e tranquilos, demonstrando que tomamos uma atitude de forma acertada, para o bem das pessoas que precisam do Pronto Socorro Municipal. Nada é mais importante do que saber que as pessoas estão recebendo atendimento digno e de qualidade”, afirmou.

O prefeito observou que a estrutura anterior, que era possível ser oferecida pela prefeitura, não comportava os avanços na qualidade de que a população carece, e que a cogestão através de uma Organização Social foi a melhor solução encontrada para resolver os problemas. “Necessitávamos, por exemplo, de investimentos e de mais servidores para colaborarem no atendimento, entretanto as condições da prefeitura não comportam mais gastos. A equipe acabava sobrecarregada, e o reflexo era visto na demora no atendimento, na humanização, entre outros prejuízos”, recordou Célio de Oliveira.

 

Avaliação

Segundo o secretário municipal de Saúde, Coronel Wilson Carlos Braz, a qualidade de atendimento e os quadros de produtividade continuarão a ser cobrados e acompanhados assiduamente pela Prefeitura.

“Os serviços prestados pela Organização Social serão constantemente avaliados pela administração municipal. Foram estabelecidas metas que devem ser cumpridas pela nova gestão, e que felizmente pudemos ver cumpridas com bastante eficiência neste primeiro mês”, disse.

“Caso haja qualquer problema no atendimento gerando insatisfação dos usuários, a Secretaria de Saúde tomará todas as providências, inclusive notificando a Organização Social para que regularize a situação”, garantiu o Coronel Braz.

Ele revelou também que já foram feitas melhorias na estrutura física do prédio, que recebeu diversos reparos e pintura, além da formação continuada dos profissionais com treinamentos. Também vem sendo elaborados os fluxos de rotinas do Pronto Socorro, implantação do acolhimento com classificação de risco (sistema de cores), implantação dos procedimentos padrões da unidade e implantação do sistema digital.

 

DA REDAÇÃO – Penápolis

você pode gostar também