Campanha da Fraternidade aborda a superação da violência

A edição de 2018 da CF (Campanha da Fraternidade) começa na Quarta-feira de Cinzas (14) em todo o Brasil trazendo um tema urgente à tona: a superação da violência. Com este tema e o lema “Vós sois todos irmãos”, inspirado no capítulo 23 do Evangelho segundo Mateus, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) propõe a discussão, análise e ação pastoral a partir da quaresma.

Em formações diocesanas e regionais ao longo deste início de ano, os padres, religiosos e leigos são motivados a levarem para os grupos, pastorais, movimentos, familiares e colegas de trabalho as propostas de uma cultura de paz e oposição a tudo que provoca o estado violento de pensar e agir, sempre sob a luz de Cristo, que convida o seu povo a ser promotor da paz.

Além do hino e cartaz, a Campanha da Fraternidade conta com subsídios de estudo, sendo o principal deles o texto-base. “É onde encontramos uma análise crítica do quadro de violência pelo método “ver”, encontramos na Palavra de Deus o clamor pela superação do ódio e da violência (julgar) e somos motivados pelo Espírito Santos a sermos instrumentos de paz, por meio do modo agir”, explica o padre Orlando Maffei.

A Campanha da Fraternidade atua desde 1960 a refletir e agir acerca das realidades do Brasil. Temas como a saúde, o meio ambiente, a comunicação e a juventude foram algumas das variadas temáticas abordadas em mais de 50 anos de CF.

Na Diocese de Araçatuba, leigos e sacerdotes participaram de formações amplas sobre o tema. Seja nas regiões, seja nas paróquias ou ainda em nível diocesano, cada um saiu com a missão de propagar as reflexões.

 

DA REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também