Agentes penitenciários encontram maconha dentro de bolachas

Uma apreensão inusitada chamou a atenção de agentes da penitenciária de Mirandópolis, cidade a 76 quilômetros de Araçatuba. Foram localizadas aproximadamente 345 gramas de maconha dentro de um pacote de bolachas.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) por volta das 13h da última sexta-feira (02), na Penitenciária “ASP Lindolfo Terçariol Filho” de Mirandópolis II, durante revista em aparelho Raio-X e conferência das encomendas destinadas aos sentenciados via Sedex, um agente encontrou e apreendeu aproximadamente 345 gramas de maconha em um dos pacotes. O ilícito estava camuflado em embalagens de chocolate em pó e de bolachas do tipo “cookies”.

Foi instaurado o Procedimento Disciplinar contra o sentenciado, assim como feito boletim de ocorrência. A visitante deverá ser suspensa do rol de visitas.

POSICIONAMENTO
A SAP informou por meio de nota que todas as unidades prisionais do estado de São Paulo estão equipadas com aparelhos de Raio-X de menor e maior porte, além de detectores de metal de alta sensibilidade que ajudam a coibir a entrada de equipamentos e drogas, atreladas a vigilância constante dos agentes de segurança, treinados para evitar a entrada de ilícitos nos presídios.

Segundo a secretaria, foram instalados, do dia 28/08/2017 ao dia 09/01/2018, body scanners nos Centros de Detenção Provisória, Penitenciárias e Centros de Progressão Penitenciária do estado. O contrato tem vigência por 30 meses. Com esses aparelhos, é possível realizar as revistas em visitantes a partir das imagens geradas pelo equipamento, identificando possíveis ilícitos como drogas e celulares de maneira mais rápida.

você pode gostar também