Cozinheira é presa com pinos de cocaína no Águas Claras

A Polícia Militar de Araçatuba prendeu na tarde de sexta-feira uma cozinheira de 37 anos por tráfico de drogas. O caso ocorreu na rua José Mauricio de Souza, no bairro Águas Claras.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares da Força Tática estavam com mandado de busca e apreensão contra a indiciada. Ao chegarem ao endereço, as equipes foram atendidas pelo irmão da investigada, um auxiliar geral de 34 anos.

Ele contou aos PMs que havia acabado de chegar na residência para fazer reparos no aquecedor solar. Dentro do imóvel também estava a cozinheira. Ela acompanhou as buscas no local.

Durante vistoria, a polícia localizou 82 pinos de cocaína escondidos no guarda-roupa da indiciada. No curso das investigações, o setor de inteligência policial descobriu que a mulher guardava e vendia entorpecente para o genro, bastante conhecido pelos meios policiais como vendedor de drogas.

O rapaz foi preso quase no mesmo horário em cumprimento de outro mandado de buscas na Rua Shimo Tada, no bairro São Rafael, Na ocasião, os policiais encontraram na casa do suspeito pasta base de cocaína, crack, maconha, dinheiro, além de duas armas, uma delas de uso restrito das Forças Armadas.

A cozinheira assumiu a propriedade dos pinos de cocaína encontrados no quarto onde dorme e foi encaminhada junto com o irmão até a Central de Flagrantes. O delegado plantonista decidiu manter a prisão da suspeita por tráfico de drogas e deixa-la à disposição da Justiça.

Já o irmão dela foi ouvido e liberado na sequência. Mesmo assim, o rapaz foi qualificado no boletim de ocorrência como investigado. Um inquérito será aberto para dar andamento às investigações e descobrir a participação de mais pessoas no mesmo crime.

você pode gostar também