Homem atira em ex-mulher e é morto pela PM durante fuga

Continua internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Araçatuba a mulher que foi baleada no tórax pelo ex-marido na noite do último sábado (27) em Guzolândia, cidade a 90 quilômetros de Araçatuba. O suspeito do crime morreu em confronto com a Polícia Militar.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, a vítima, de 30 anos, possuía medida protetiva contra homem. No início da noite de sábado, ele a descumpriu e invadiu a residência da ex-esposa armado com uma pistola de calibre 380.

Os dois começaram uma discussão e logo após o homem disparou um tiro no tórax da mulher. Ele fugiu em seguida. Já a vítima foi socorrida e levada para o pronto-socorro da Santa Casa de Auriflama. Por conta da gravidade do ferimento, ela teve que ser transferida para a Santa Casa de Araçatuba. O último boletim médico divulgado pelo hospital informou que o estado de saúde da paciente é estável.

FUGA E PERSEGUIÇÃO

Logo após cometer a tentativa de homicídio, o autor Felipe Soares, de 232 anos, fugiu por uma estrada rural de Guzolândia. Equipes da Polícia Militar receberam informações do suposto paradeiro do rapaz e foi verificar se realmente ele se encontrava no local.

Chegando próximo ao endereço, os policiais foram recebidos a tiros. A partir de então, uma intensa troca de tiros teve início até que Felipe foi atingido pelos PMs por dois tiros no tórax. Ele foi socorrido pela própria viatura policial, mas já chegou sem vida ao pronto-socorro. O corpo do rapaz foi enterrado na tarde de domingo (28) no cemitério municipal da cidade.

POSICIONAMENTO

A Polícia Militar informou que as armas dos policiais envolvidos na ocorrência foram apreendidas para posterior apuração da conduta dos mesmos. Além do inquérito instaurado pela Polícia Civil para investigar o caso, a PM também vai abrir um processo de apuração interna sobre o caso. 

você pode gostar também