Prefeito assina convênio na Educação e se reúne com técnicos da Agesul

O prefeito Ângelo Guerreiro assinou termo aditivo ao convênio celebrado entre Três Lagoas e a Secretaria de Estado de Educação. O documento refere-se ao convênio que libera recursos no valor de R$ 22 mil reais que serão usados para compra de material permanente destinado ao Centro de Educação Infantil do Jardim Novo Alvorada.O recurso é proveniente de emenda parlamentar da Guerreiro quando era deputado estadual.

Conforme o prefeito, os valores serão usados para compra de aparelhos de TV LCD de 32 polegadas, Microondas de 20 litros, aparelhos de rádio, aparelho de som, extrator de sucos, liquidificador industrial de 6 litros, além de suportes para TVs. O documento foi assinado entre o prefeito e a secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amêndola da Mota.

ASFALTO
Em reunião ocorrida na tarde de quinta-feira (25), na Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) em Campo Grande, Guerreiro, acompanhado do secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Dirceu Deguti, conversou com o secretário de Estado de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, equipe de técnicos e diretores do Município e do Estado e da empresa contratada, para analisar e discutir os projetos executivos que vão contemplar ruas e avenidas de Três Lagoas com serviços de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais e restauração funcional do pavimento.

Conforme o prefeito, foram investidos R$ 162,9 mil para a elaboração dos projetos, e espera-se que os mesmos estejam concluídos para serem licitados ainda no primeiro trimestre de 2018.

OBRAS
Nesta etapa de execução a ser licitada, serão contemplados com asfalto o bairro Morumbi, a Rua Mário César, no trecho entre a Antônio Trajano e a Oscar Guimarães e a Rua Oscar Guimarães, entre a Mário Mancini e a Joaquim Silva. Já os serviços de recapeamento asfáltico vão beneficiar a Avenida Clodoaldo Garcia, com adequação da capacidade de tráfego, entre a Rua Nova Iorque e a Avenida Rosário Congro; a Rua Zuleide Perez Tabox, entre a Aldair Rosa de Oliceira e a Duque de Caxias; Rua Oscar Guimarães, entre a Avenida Capitão Olyntho Mancini e a Zuleide Perez Tabox; a Rua Oscar Guimarães, entre a Egídio Thomé e a Josino Cunha Viana e ainda, a Avenida Olyntho Mancini, no trecho entre a Ranulpho Marques Leal e a Avenida Ponta Porã. Este trecho, além da recuperação e pavimentação, receberá também as pistas de ciclovia.

A Avenida Olinto Mancini, entre a Duque de Caxias e Ranulpho Marques Leal, já foi totalmente recapeada, inclusive com ciclofaixa, e as obras, viabilizadas pelo então deputado Angelo Guerreiro, foram finalizadas no início de 2017.

Da Redação

você pode gostar também