Governo organiza criação de Centro Cultural do Chamamé

Representantes das diretorias de Cultura e Turismo de Três Lagoas participaram de um evento no Centro Cultural do Chamamé (CCC) em Campo Grande, no último dia 19 e trouxeram boas notícias para o município.

Regada à boa música, a reunião foi comandada por Orlando Rodrigues, um dos fundadores do CCC, e discutiu importantes passos para trabalhar a divulgação da tradição chamamezeira. Entre os assuntos discutidos, Três Lagoas foi mencionada e pode se tornar uma das cidades-polo do Chamamé.

A sugestão foi muito bem recebida pelo diretor de Cultura do Município, Rodrigo Fernandes, e pelo coordenador e professor de música, Everton Ottoni. “Agradeço por lembrar de Três Lagoas e, quero deixar claro que estamos dispostos a fortalecer essa Cultura. Já estudamos a possibilidade de criar uma ‘Filial do Chamamé’, o que vai contribuir, inclusive, com o Turismo da nossa região”, disse Rodrigo.

Rodrigo ressaltou que a cidade possui diversos músicos e compositores de chamamé, e pode ser criado um acervo com fotos, discos e histórias futuramente. Everton Ottoni subiu ao palco com os músicos Aldo Souza e Castelo Queiroz e, mostrou o talento três-lagoense. Neguinho Berranteiro também participou do encontro e fez apresentação.

Da Redação

você pode gostar também