Ex-síndico de condomínio atira em veículo durante briga com moradores

Uma briga envolvendo um ex-síndico de um condomínio residencial de Araçatuba terminou em tiroteio na noite de terça-feira (23), no bairro Jardim Aeroporto.

Segundo consta no boletim de ocorrência, um programador de 30 anos estava em sua residência quando recebeu a visita de um morador, identificado como mestre de obras, de 45 anos. O homem foi até a casa para tirar satisfações, já que alega que o investigado estaria acusando o enteado de furto. Os dois começaram uma briga no local, quando o programador armou-se com um facão e fez ameaças. A vítima acabou indo embora do local.

Minutos depois da discussão, o mestre de obras voltou à casa do desafeto, dessa vez acompanhado com outras seis pessoas. O grupo tentou invadir o imóvel. O ex-síndico pegou um revólver de calibre 38 e saiu para ver o que estava acontecendo. Os populares assustaram-se com a reação e correram. Eles entraram em um veículo VW/Fox de cor vermelha.

O suspeito foi até lá e disparou pelo menos seis vezes contra o carro. Logo em seguida, o programador fugiu em um automóvel Toyota/Ethios e até o fechamento desta edição continuava foragido.

Equipes da Polícia Militar foram acionadas e constataram que os tiros atingiram a lataria na parte traseira, nas laterais e um pneu. A reportagem do O Liberal apurou que as balas também atingiram a bolsa de uma mulher e a perna de um dos passageiros de raspão. Apesar do susto, ele não ficou ferida e não precisou de atendimento médico. Os outros ocupantes do veículo também não se feriram.

A Perícia compareceu ao condomínio e apreendeu o pneu, já que a bala ficou alojada no interior. O caso foi registrado na delegacia como Disparo de Arma de Fogo. Um inquérito foi aberto para investigar o caso. A polícia continua à procura do atirador.

você pode gostar também