Polícia prende duas pessoas por furto em residências

A Polícia Militar de Araçatuba conseguiu prender um homem e uma mulher, suspeitos de furtarem casas em Araçatuba durante a segunda-feira (22).

O primeiro caso ocorreu em uma residência do bairro Ipanema, por volta de 11h45. O bandido, de 21 anos arrombou dois portões e uma porta da residência localizada na rua Francisco Segura Martinez e teve acesso ao interior do imóvel.

O criminoso estava começando a agir, mas logo foi descoberto por um policial militar de folga. O PM passava de carro em frente ao local quando viu o suspeito colocando uma televisão em um veículo Fiat/Uno vermelho. Ele desconfiou da ação e pediu reforço pelo 190.

O bandido conseguiu fugir no carro e foi necessário o auxílio do helicóptero Águia nas buscas. O automóvel foi encontrado pelos policiais do alto estacionado dentro de um condomínio residencial, localizado a menos de um quilômetro de distância do local do furto.

As equipes de terra foram até lá e encontraram a televisão ainda dentro do carro. O dono também foi localizado e confessou o furto. Ele foi preso em flagrante e vai passar por audiência de custódia na manhã desta terça-feira (23).

SEGUNDO FURTO

Aproximadamente três horas depois, outro furto em residência foi registrado na cidade, dessa vez na rua Tiradentes, no bairro Jardim Paulista.

Uma mulher, de 27 anos, pulou o muro da casa carregando um grande saco plástico, arrombou a janela de um dos quartos do imóvel e conseguiu ter acesso ao interior da residência. Ela aproveitou que não havia ninguém no local para levar diversos aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos, incluindo liquidificador, notebook, roupas, perfumes e calçados.

Logo em seguida, a suspeita pulou novamente o muro e fugiu no sentido do bairro Umuarama. Testemunhas viram o momento que a criminosa levava o saco plástico e desconfiaram da atitude, por isso decidiram chamar a PM.

Os policiais fizeram patrulhamento e encontraram a mulher ainda com os produtos furtados na rua Valparaíso, também no bairro Umuarama. Ela confessou o crime e disse que havia acabado de trocar perfumes e o notebook em um local de venda de entorpecentes, já que tinha dívidas no local. Ela aproveitou para comprar mais nove pedras de crack.

A indiciada recebeu voz de prisão por furto e tráfico de drogas e vai passar por audiência de custódia. Os donos da casa furtada contaram à reportagem que a mesma mulher passou em frente à casa dias antes do crime pedindo doações. Quase todos os produtos foram recuperados, exceto o notebook e os frascos de perfumes.

você pode gostar também