Corpo de mulher é enterrado após crime chocante em Três Lagoas

O corpo de Halley Coimbra Ribeiro Junqueira, de 39 anos, foi enterrado na manhã de segunda-feira (15) no cemitério municipal deTrês Lagoas, Mato Grosso do Sul. A mulher foi assassinada a tiros na tarde de domingo (14) e o autor seria o ex-marido da vítima.

 

Mãe de três filhos, sendo duas crianças, uma de seis e outra de treze anos, além de uma adolescente de15, Junqueira era considerada por amigos e familiares uma pessoa de bom coração e tranquila. O sepultamento foi marcado por revolta e muita comoção.

 

O crime ocorreu por volta das 17h30 dentro da residência da vítima, localizada no bairro Santa Júlia, zona leste de Três Lagoas. Segundo testemunhas, o ex-gerente geral de uma fábrica de celulose, de 65 anos, teria matado a ex-companheira com pelo menos dois tiros na região do tórax. O crime ocorreu na frente dos filhos e da enteada.

 

Segundo o que foi apurado pela reportagem, os dois estavam separados há dois meses. O suspeito do crime não aceitava o fim do relacionamento e desde então mantinha comportamento agressivo.

 

A enteada do ex-gerente registrou recentemente um boletim de ocorrência de agressão contra ela na Delegacia de Atendimento da Mulher (DAM) de Três Lagoas. Atualmente, o homem reside em Castilho, São Paulo, e já teria sido intimado para prestar esclarecimentos sobre o fato.

 

Desde a tarde de domingo, o principal suspeito do crime está foragido. As polícias Civil e Militar dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul estão em alerta e continuam à procura do suposto autor. (Com informações de Perfil News e Hoje Mais)

você pode gostar também