Crítico alfineta: “enquanto Fifth Harmony tenta um hit em qualquer gênero, Camila Cabello encontrou seu som”

Saiu mais uma crítica de quatro estrelas (de um total de cinco) para o álbum solo de Camila Cabello, “Cabello”. Esta é do jornal australiano Herald Sun e vem assinada por Cameron Adams. No texto, além de enaltecer o trabalho da cantora, ele faz algumas provocações ao grupo Fifth Harmony. Aparentemente, é algo que será difícil de evitar nesse primeiro momento.

“Camila Cabello sabiamente se despediu do Fifth Harmony, o que é o equivalente moderno de Geri Halliwell deixando as Spice Girls (…). No ano passado, enquanto o novo Fifth Harmony de quarteto lutou, Cabello saltou para um hit global nº1, ‘Havana’, sem esforço. (…) Enquanto o Fifth Harmony tenta um hit em qualquer gênero, Cabello encontrouseu som para seu primeiro álbum. Está mais para o quarto do que para as casas noturnas, mais para baladas do que grandes estouros. Imagine Lana Del Rey produzida por Diplo. Ela está desafiando os limitesdo pop mais do que fazendo o jogo das rádios”, diz o texto.

No final, Cameron Adams ainda assina assim: “veredito: quem é Fifth Harmony?”. Polêmico. O álbum sai na próxima meia noite em todas as plataformas digitais.

Da Redação

você pode gostar também