Centro de Convivência ‘Tia Nega’ passa a atender em dois períodos

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV de Idosos “Tia Nega”, mantido pela Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), passou recentemente por mudanças no horário de funcionamento, para melhor poder cumprir sua finalidade específica de contribuir no processo de um envelhecimento digno e saudável das pessoas ali atendidas.

Para isso, os 92 idosos, homens e mulheres, acima dos 60 anos de idade, foram divididos em duas turmas que passaram a frequentar o SCFV Tia Nega, de segunda-feira a sexta-feira, uma no período das 7h às 11h e a outra das 13h às 17h.

“Para não quebrarmos os vínculos de amizade e convivência, já formados entre eles, cada idoso teve a opção de escolher qual o melhor horário para frequentar o Centro de Convivência”, informou a coordenadora do SCFV Tia Nega, Roberlúcia Pereira Moezinho.

Na chegada, os idosos são recebidos todos os dias com o café da manhã, que tem pão com margarina, leite com achocolatado, café e chá.  “E, por volta das 10h, é servido o lanche, que varia diariamente. Tem dia que é servido bolo com suco, em outro dia vitaminas de frutas, ou tortas, pão com carne moída e suco, salada de frutas e outras combinações”, informou Roberlúcia.

O cardápio de alimentação balanceada é o mesmo para a turma da manhã e para a turma da tarde e foi elaborado pela nutricionista da Assistência Social, Silvana Dinalli.

Nos dois períodos são desenvolvidas, de maneira descontraída e alegre, uma série de atividades, como, jogos de mesa, malha e bocha, coral, violão, crochê, tricô, bordados, pintura em tela e outras.

O acesso ao SCFV Tia Nega é por meio de encaminhamento do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, mais próximo da residência do idoso.

IDOSOS DE OUTRAS UNIDADES

A secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho, acompanhada da diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Maurelice Nunes dos Santos, e da diretora de Gestão da SAS, Lidiane Ferreira, visitou o SCFV Tia Nega na manhã desta quarta-feira (6) e falou da necessidade de atender também a idosos de outras unidades, além do CRAS São João, que é unidade de referência deste serviço social.

Vera Helena se referiu também às unidades do CRAS Amélia Jorge, CRAS Vila Piloto, CRAS Interlagos, CRAS Ruth Filgueiras e CRAS Ana Maria Moreira.

Na conversa com os idosos, Vera Helena anunciou que programa para o próximo ano “uma série de atividades de integração e convivência de idosos inscritos nessas unidades da SAS para conhecerem e participarem também do Centro de Convivência Tia Nega”.

“Estive aqui para sentir de perto o grau de satisfação das pessoas que são assistidas nesta nossa unidade de convivência de idosos”, disse a secretária.

DEPOIMENTOS

Para Geralda Pereira Saraiva, de 75 anos, o Centro de Convivência é “como se fosse a minha casa. Sinto-me bem e à vontade”. Ela vem do Bairro São João e percorre diariamente uns quatro km, a pé. ‘É a minha caminhada de todos os dias para manter a saúde em dia”, comentou.

Por sua vez, Diva Paulo da Silva Saran, de 66 anos, moradora do Parque São Carlos há mais de 10 anos, frequenta o Centro de Convivência do Idoso.“Há tempos, o médico me recomendou atividades físicas para melhorar a saúde. Aí eu procurei entrar no Centro de Convivência e me dei bem. Aqui tem muita coisa para fazer e se divertir. Basta ter disposição”, disse.

“Com a divisão em duas turmas, a situação ficou bem melhor, porque é menos gente, dá para melhorar o entrosamento e a participação entre a gente e temos melhor atenção”, ressaltou a dona Diva.

você pode gostar também