Fibria inaugura Terminal Intermodal em Aparecida do Taboado

A Fibria inaugurou na sexta-feira (1) o Terminal Intermodal em Aparecida do Taboado (MS), distante a 129 km de Três Lagoas (MS). O Intermodal levará a produção de celulose até o porto de Santos (SP) e, de lá, para os Estados Unidos, Europa e Ásia.

O resultado do investimento é de R$ 60 milhões e possui cerca de 7.800m² de área construída, o equivalente a 75 metros, quase um quarteirão de extensão. Na operação do terminal, foram criados 235 postos de trabalho, de forma direta e indiretamente.

Para o escoamento da celulose, foram adquiridas 21 locomotivas que serão responsáveis por tracionar os vagões que transportam o material executado pela segunda linha de produção de celulose, a Horizonte Dois, em Três Lagoas.

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, esse é mais um investimento que beneficia o estado e fortalece o corredor logístico do Centro-Oeste. “O Mato Grosso do Sul é referência nacional no assunto celulose. Este ano o estado ultrapassou a exportação de carne que mantinha o primeiro lugar, então, mostra a dimensão da exportação quando o assunto é celulose. Esse é o modelo, nós temos que focar na intermodalidade para que Mato Grosso do Sul seja referência na competitividade”, ressalta.

Localizado às margens da BR-158, o terminal integra os transportes rodoviário e ferroviário, com capacidade de escoar 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano. O tempo de escoamento do produto até o Porto de Santos (SP) é de 199 horas (cerca de 8 dias) para ida e volta. O sistema operacional de carregamento no embarque é de forma automatizada com empilhadeiras, sem a necessidade de manobrar o trem.

Para o presidente da Fibria, Marcelo Castelli, a união de todas as estruturas e tecnologias do novo Intermodal possibilita a logística em tempo hábil, favorecendo a produtividade e armazenamento. “Esse projeto foi muito bem concebido tal como a nossa fábrica que foi construída em tempo recorde, assim como aqui [Terminal Intermodal]. Nós tivemos uma execução muito rápida à engenharia para fazer um Intermodal desse. Até o próprio prefeito que tem experiência em obras mencionou que ficou impressionado com a construção”, destaca.

Logística

Considerada como a “Terra dos 60 dias Apaixonado”, Aparecida do Taboado também é conhecida como a Capital do Transporte da Celulose. O prefeito José Robson Samara, o Robinho, destaca os reflexos que a industrialização trás para o município. De acordo com ele, a costa leste segue de cabeça erguida na geração de empregos. “Para nós é muito importante essa inauguração da Fibria, pois trás a geração de emprego e nós temos orgulho de falar que Mato Grosso do Sul tem a Capital da Celulose [Três Lagoas] e nós aqui como a Capital do Transporte da Celulose. Então, para nós é sem dúvida muito gratificante”, completa.

MARIANE MARTINS – Aparecida do Taboado

você pode gostar também