Birigui terá cães para auxiliar no trabalho de Segurança Municipal

Birigui será a primeira cidade da região a utilizar cães adestrados na proteção dos bens públicos, ações educativas e patrulhamentos preventivos realizados pela Guarda Civil Municipal. A novidade foi instituída neste mês pelo prefeito Cristiano Salmeirão (PTB) por meio de decreto, que criou o Grupo de Apoio e Operações com Cães – GAOC. Ainda não há local definido para a instalação do canil, mas profissionais da Guarda já passaram por qualificação.

O objetivo deste projeto, conforme a Prefeitura, é complementar a vigilância patrimonial do município, ou seja, aumentar a segurança de praças e prédios públicos. Os cães também serão utilizados em operações de busca, resgate e salvamento, demonstração de cunho educacional e busca de entorpecentes e armamentos. Além disso, poderão participar de divulgações institucionais, formaturas e desfiles de caráter cívico-militar e como instrumento terapêutico de reabilitação física ou psicológica.

Os cães da Guarda Civil Municipal poderão colaborar com outros órgãos de segurança pública e nas atividades da Defesa Civil. Atualmente o município não possui nenhum cão adestrado para tais serviços e eles poderão ser adquiridos por meio de compra e também por doação, desde que a linhagem do animal seja própria para estas finalidades.

QUALIFICAÇÃO
Quatro profissionais da Guarda já passaram por qualificação neste mês de novembro. Eles participaram do curso de Cinotecnia, que consiste na preparação e utilização de cães na segurança pública, oferecido pela Guarda Municipal de Itu. Os guardas receberam instruções sobre adestramento, condução e figuração, conhecimentos sobre faro de cães, noções de mantraling (uso de cão em procura de desaparecidos), além de aprender também sobre a saúde do cão.

INSTALAÇÃO
Por enquanto não está definido o espaço onde GAOC será instalado, mas o projeto prevê instalações exclusivas e apropriadas para treinamento e habitação dos cães, acompanhamento veterinário e recepção de visitantes. A equipe do canil será composta por um coordenador, um encarregado do adestramento, adestradores e condutores, com curso específico na área, e veterinário exclusivo.

Da Redação

você pode gostar também