Em nova entrevista, meninas do grupo Little Mix falam sobre as dificuldades da indústria da música

Trabalhando sem parar desde 2011, quando foram consagradas as vencedoras do “X-Factor UK”, as meninas do grupo Little Mix, normalmente, são todas sorrisos e muito bom humor em suas entrevistas. Mas não dessa vez.

O jornal The Guardian publicou uma entrevista com as meninas onde elas se abriram honestamente, comentando sobre as dificuldades da indústria da música e de estar sob o olhar público 24 horas por dia. “Nesse ano todas nós compramos nossas casas. Nenhuma de nós dormiu nelas”, afirmou Leigh-Anne, já no início da conversa.

“Na indústria do pop, é muito difícil você tirar pausas. Se você some por mais de um ano, todos esquecem de você”, continuou Jesy. “Estamos sob a vigia do público vinte e quatro horas por dia, não temos espaço pessoal ou privacidade.”

“É especialmente difícil quando você quer ficar triste”, diz Leigh Anne. “Se você tá se sentindo na merda, você só quer… sei lá, chorar sabe? E você não pode, é horrível.”

A entrevista também aponta um item que pode ser considerado a chave do sucesso das meninas: a amizade entre elas. E elas sabem muito bem como manter essa amizade, dando espaço umas às outras quando necessário.

O trabalho constante também tem seus momentos de peso na vida das meninas. “Eu voltei da Europa e tive que fazer as malas de novo. Eu estava olhando todas as minhas malas no chão e comecei a chorar sem parar. Falava: ‘Não aguento mais’. Sério, eu quase surtei, eu dizia ‘Preciso de ajuda. Isso é demais pra mim, só quero estar em casa.’”, afirmou Jesy, sob carinhos das outras integrantes do grupo.

Mas mesmo com as dificuldades, as meninas sabem que estão vivendo o seu sonho e que estão influenciando muitas vidas com suas músicas e suas histórias de vida. “Outro dia aconteceu uma coisa muito bizarra. Eu estava no aeroporto e essa mulher que devia ter uns quarenta anos saiu de seu carro e começou a chorar. Veio até mim e disse ‘Fui ao show de vocês uma semana atrás e nunca ninguém havia me feito me sentir tão confiante em minha vida. Posso te dar um abraço?’. Nós vamos de desejar ser normais a entender por que nos trancamos em prédios o dia inteiro o tempo todo.”

A entrevista se encerra com um desejo que tem sabor de promessa: “Quero que Little Mix seja a girlband dessa geração”, afirma Jade.

Com uma turnê com ingressos esgotados no Reino Unido encerrada, as meninas do grupo Little Mix irão se apresentar no “X-Factor UK”, ao lado do CNCO, para divulgar, pela primeira vez ao vivo, a música “Reggaeton Lento (Remix)”. Essa deverá ser a performance para iniciar suas devidas e merecidas férias, antes de começar 2018 com força total.

Da Redação

você pode gostar também