300 homens farão rastreamento de câncer de próstata neste sábado

Um total de 300 homens com idades acima de 45 anos participam hoje (25) do 3º Circuito da Saúde do Homem, denominado “A Santa Casa vai te dar um toque”. O evento é promovido sob a coordenação cientifica do Centro de Radioterapia e Centro de Tratamento Oncológico.

O total de participantes neste ano é quase o dobro em relação a 2016 quando 165 homens foram avaliados pelo programa e quase o triplo dos 115 participantes da primeira edição realizada em 2015. Aproximadamente 30 profissionais, dentre enfermeiros, técnicos de enfermagem, escriturários e pessoal de apoio, participaram da jornada.

O evento realizado pela Santa Casa combina educação sobre o câncer de próstata, através de palestra ministrada pelo radio-oncologista Caio Marcelo Jorge e o oncologista clínico, Bruno Guilherme Kersten; e exames para rastreamento da doença: coleta de sangue para realização de exame PSA (Prova do Antígeno Prostático) coordenada pelo Laboratório de Análises Clínicas da Santa Casa; e toque retal sob a coordenação do médico radio-oncologista Caio Marcelo Jorge e os urologistas Fábio Navarro e Luiz Augusto Ramires Leão, que voluntariamente aderiram ao projeto do hospital.

Do total de inscrito, 250 têm mais de 50 anos e passarão por coleta de sangue para realização de exame PSA (Prova do Antígeno Prostático) e toque retal sob que será realizado pelos radio-oncologistas Caio Marcelo Jorge e Alerson Molotosvichi, e os urologistas Fábio Navarro e Luiz Augusto Ramires Leão, que voluntariamente aderiram ao projeto do hospital. Os demais serão avaliados por meio do exame de PSA.

O exame de toque retal é opcional. No ano passado, do total de participantes, somente 7 inscritos optaram por não realizá-lo. O radio-oncologista Caio Marcelo Jorge, explica que embora o PSA sozinho possa detectar 70% das neoplasias, “aproximadamente 25% dos tumores de próstata ocorrem em homens com PSA normal”. De acordo com o médico, 50% dos nódulos palpáveis são malignos, daí a importância de realizar o toque retal.

Os resultados dos exames serão liberados até 20 dias após a realização dos exames. Os pacientes que apresentarem alteração no exame de PSA e/ou que tenham sido encontrados nódulos palpáveis durante o toque retal, serão encaminhados pela própria Santa Casa de Araçatuba para realização de toque retal para os que fizeram somente o PSA, e biópsias para os casos necessários. Casos comprovados de câncer serão agendados para tratamento no CTO.

Nos eventos realizados em 2015 e 2016 um total de 20 pacientes foram encaminhados para realização de biópsias. Desse total foram confirmados 3 casos de câncer de próstata e um caso de prostite. Os pacientes estão em tratamento no CTO e no Serviço de Radioterapia da Santa Casa de Araçatuba.

Programação

6h30: coleta de sangue

7h00 Coffee de Boas Vindas

7h15 Palestra 1

7h30 Palestra 2

8h00: inicio dos exames de toque retal

Da REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também