Saúde faz reunião para definir o acesso de pacientes a postinhos, UBS e ao AME

A Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou a primeira reunião para discutir ações no intuito de diminuir o absenteísmo (falta) aos agendamentos para consultas com clínicos, especialistas, dentistas e exames. Atualmente, o município apresenta um índice muito grande de faltas, cerca de 30%. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (21) e teve a participação de representantes das Secretarias Municipais de Saúde e Mobilidade Urbana (SMMU), Divisão Regional de Saúde (DRS) e representantes da TUA (Transporte Urbano de Araçatuba).

A diretora de Atenção Básica municipal, Aparecida Nava, está fazendo o levantamento, através dos usuários das Unidades Básicas de Saúde (UBS), para ter conhecimento de todos os pontos que ligam os bairros aos serviços de atendimento de saúde da cidade que atualmente não são contemplados com transporte coletivo. A intenção é de, juntamente com a SMMU e TUA, viabilizar o acesso facilitando a locomoção. “O absentismo acaba prejudicando não permitindo a diminuição da fila de espera, pois quando falta a pessoa retorna novamente para o agendamento e novamente n sendo direcionada para a fila. O município tem a preocupação em garantir o acesso, acreditamos que a locomoção é um dos fatores relevante ao não comparecimento, decidimos reunir com a TUA para em conjunto verificar como podemos ajustar e melhorar esta situação”, justificou.

O próximo passo, segunda a diretora, após o levantamento é reunir-se novamente com representantes da Transporte Urbano Araçatuba e definir o que será feito

Ela ressalta a importância de todos comparecerem em consultas e exames agendados, seja nos Postos de Saúde, NGA, Centro De Saúde e AME. “O absentismo não pode acontecer da forma que está se apresentando em nosso município, levando em consideração o números de pessoas que aguardam atendimentos. A Secretaria de Saúde irá trabalhar em conjunto para encontrar meios para diminuir essas faltas, outras medidas também estão sendo realizadas nos postos de Saúde.

A diretora afirma que foram levantados questionamentos sobre as condições dos pontos de ônibus, segurança no transporte coletivo. Está em andamento projetos para campanhas através de folhetos informativos contendo o numero do disque denúncia sobre carros comuns estacionados em locais de parada de ônibus e realizar uma reunião de conscientização com os motoristas da TUA sobre transporte da população em geral, com enfoque em idosos e crianças.

Da REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também