Investigações sobre latrocínio de trabalhador avançam

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba encontraram um revólver de calibre 38 que pode ser do trabalhador Luis Alberto Borégio, vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, no fim do mês de outubro deste ano no sítio em que morava, no bairro da Prata, em Araçatuba.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, as equipes receberam diversas informações de que a arma estaria sendo negociada por um adolescente, vizinho da vítima. No primeiro momento, o jovem negou a acusação, mas depois confessou ter encontrado um revólver ao lado da porteira da propriedade rural em que reside e vendido por R$ 500 a outro adolescente em uma escola estadual da cidade.

As equipes deslocaram-se até a instituição e conseguiram encontrar o outro menor. Ele afirmou ter vendido a arma à outra pessoa, um auxiliar mecânico de 20 anos. Os investigadores continuaram fazendo diligências e encontraram o revólver escondido em um sofá. Já as munições estavam dentro de um vaso de flor.

O auxiliar recebeu voz de prisão por Receptação e passará por audiência de custódia hoje (24).

você pode gostar também