Apesar do rebaixamento, Ávila enxerga pontos positivos em 2017: ‘Voltei ao mercado’

Primeiro (e até agora único) jogador a ter seu contrato renovado para 2018, ainda durante a Série B, o lateral-esquerda Ávila, apesar do rebaixamento do Náutico para a Série C, acredita que tem motivos também para comemorar a atual temporada. Contratado junto ao modesto São Paulo-RS, o defensor participou de 19 partidas no Campeonato Brasileiro, todas como titular. O suficiente para, segundo ele, “voltar ao mercado”.

Revelado pelo Paraná, Ávila também coleciona passagens por Coritiba e Goiás, antes de começar a defender clubes de menor expressão, a partir de 2015, como Rio Branco-PR, Ypiranga-RS e, por fim, o São Paulo-RS.

“Esses seis meses foi um período bom para mim para poder voltar ao mercado. Infelizmente, veio o rebaixamento, que não era o que a gente queria. Mas, em termos individuais, em termos de jogos, foi bom para aparecer de novo”, ressaltou o jogador, de 25 anos.

Já em termos coletivos, o lateral acredita que a temporada que está se encerrando deve servir como lição do que não fazer em 2018, quando o Náutico terá pela frente também Campeonato Pernambucano, Copa do Brasil, além da Copa do Nordeste, onde disputa já no dia 9 e 12 de janeiro, contra o Itabaiana, o mata-mata classificatório para a fase de grupos.

“É preciso cometer menos erros, tanto da parte da diretoria, quanto da comissão técnica e jogadores. Esse ano temos que pedir desculpas à torcida pelo rebaixamento. Lutamos até o fim, mas não conseguimos reverter a situação”, pontuou.

Da Redação

você pode gostar também