Banco é autuado por atraso no atendimento

O banco Santander, de Três Lagoas, região central da cidade, foi autuado sexta-feira (17) pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). A agência descumpriu a Lei Municipal ‘dos quinze minutos’, que seria o tempo máximo de espera dos clientes. Além disso, havia apenas uma funcionária para atender os correntistas.

Em entrevista, Osmar Queiroz, programador de logística, que estava no banco, contou que o fato aconteceu por volta do meio-dia.

“Foi no momento em que os atendentes retornavam e saíam para o almoço; estávamos em umas 15 pessoas aguardando atendimento. Ouvimos dizer que um dos funcionários precisou se ausentar por questões familiares, e deixaram apenas uma mulher para atender todo mundo”, contou Osmar.

Ainda de acordo com o programador, a funcionária que estava sozinha, levou mais de uma hora e vinte minutos para atender uma idosa. ‘’Depois disso, ela [funcionária] se levantou e foi até o caixa com a senhorinha e nos deixou sozinhos. Ninguém nos dava explicações, olhavam e viravam as costas. Foi aí que resolvemos ligar para o Procon, que enviou alguém em menos de 15 minutos’’.

“Bastou a fiscal chegar que começou a ‘ferver’ atendentes”, completou o programador. Ele disse que, muito atenciosa, a mulher (fiscal) ouviu os clientes e reteve suas senhas para registrar em um relatório, que tiveram que assinar.

“Eu mesmo fiquei duas horas e quarenta e cinco minutos para ser atendido. Achei muito justa atitude do Procon, porque os bancos acham que estão fazendo favor para a gente. Oriento outras pessoas que passarem por esses problemas a denunciarem também”, encerrou Osmar.

AUTUAÇÃO
Na manhã desta segunda-feira, por telefone, o Procon de Três Lagoas informou que o processo está sendo montado para encaminhamento ao Departamento Jurídico, que decidirá sobre multa ou não. O atraso no atendimento foi na área da gerência. Nos caixas o atendimento estava normal, segundo o Procon.

SERVIÇO
A unidade do Procon de Três Lagoas atende pelos seguintes telefones: (67) 3929-1819 / (67) 3929-1820 / (67) 3929-1453.

Da Redação

você pode gostar também