Homem tenta matar companheira com marteladas e comete suicídio

Uma dona de casa de 42 anos está internada em estado grave na Santa Casa de Araçatuba depois de ter sido estrangulada e golpeada com marteladas em um sítio localizado na estrada da Prata, zona rural da cidade. O companheiro da vítima é o principal suspeito do crime. Ele cometeu suicídio logo em seguida.

De acordo com a Polícia Militar, o dono da propriedade chegou no início da manhã de ontem (16) para trabalhar e estranhou não ver o caseiro Luís Carlos Lourenço, de 32 anos,  no local. Ele foi até a casa onde morava o funcionário e tentou chamá-lo, mas ninguém respondia.

“A testemunha conseguiu abrir uma janela da sala e foi nesse momento que ele encontrou o corpo do Luís pendurado com uma corda no pescoço”, relata o sargento Bernardi.

O proprietário conseguiu abrir a porta dos fundos do imóvel na sequência e encontrou o corpo da companheira de Lourenço, Alessandra Pedroso, caído no quarto. Ao lado dela havia um martelo com manchas de sangue.

Um vizinho do sítio em que o crime ocorreu também foi ao local e chamou a polícia. “O dono da estância me chamou e eu acionei a PM. Eu conhecia o casal, mas nunca desconfiei de nada. Eles sempre foram muito tranquilos”, conta o agropecuarista.

A principal hipótese trabalhada pela Polícia Civil é a de que Lourenço tenha estrangulado a companheira e em seguida a golpeado com o martelo apreendido na cena do crime. Logo depois, o homem tirou a vida.

O irmão da vítima contou em depoimento que nos últimos dias Pedroso revelou sobre as brigas constantes com o convivente, inclusive estava pensando em se separar. A mulher foi socorrida com vida e está internada em estado grave com traumatismo craniano. Ainda não há previsão de alta. Um inquérito foi aberto para investigar o caso.

você pode gostar também