Botijão de gás de cozinha já é vendido a R$ 70 em Araçatuba

O reajuste no preço do gás pela Petrobras no início de novembro cada vez mais é sentido pelo consumidor. Em Araçatuba, o botijão de 13 kg já é encontrado a R$ 70; na mesma empresa em que este preço está sendo praticado, que fica na Rua do Fico, a unidade era comercializada a R$ 50 no início de agosto, conforme reportagem do Liberal publicada no dia 4 daquele mês. Este aumento de R$ 20,00 na mesma fornecedora é exemplo da situação complicada em que comerciantes e o consumidor se encontram.

Segundo a Petrobrás, a principal causa do reajuste de 4,5% é a ” alta das cotações do produto nos mercados internacionais, influenciada pela conjuntura externa e pela proximidade do inverno no hemisfério norte ” , além da variação do câmbio, que contribui para a necessidade do aumento.

Entretanto, o aumento é aplicado nos preços praticados nas refinarias, sem incidência de tributos, e o repasse para o consumidor depende da distribuidora e da revendedora, uma vez que a legislação brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e variados.

O preço do gás fornecido pela Petrobras subiu quase 70% neste ano; para o consumidor o aumento foi de quase 11%, bastante acima da inflação acumulada em 12 meses, que é de 2,5%. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP) o preço médio do botijão varia entre R$ 53 e R$ 71.

O Liberal consultou seis fornecedores de Araçatuba e constatou que com a taxa de entrega o preço do botijão chega a R$ 70, sendo que na maioria dos estabelecimentos o preço médio é R$ 68 com a entrega. Caso o cliente busque o botijão, o valores encontrados estão entre R$ 60 e R$ 65, chegando até a R$ 57, preço mais em conta nos estabelecimentos pesquisados.

TRÊS LAGOAS

Na cidade de Três Lagoas (MS) o preço médio do botijão com entrega é R$ 70, o que não é dos mais caros considerando que o Mato Grosso do Sul é o estado que teve o maior aumento em apenas um ano, de 13,18%, cinco vezes mais que a inflação acumulada no mesmo período. Há local onde o gás de 13 kg está sendo comprado por R$ 90 no Estado. Os comerciantes consultados disseram que estão dando desconto maior para que optar por buscar o botijão, o que pode render até R$ 10 de diferença.

Fernando Verga

você pode gostar também