Bandidos isolam quartel da PM e matam policial em assalto à Protege

Araçatuba momentos de terror na madrugada desta segunda-feira (16) em um mega-assalto à sede da transportadora de valores Protege, na Rua Dona Ida, no Bairro Santana. A ação criminosa, que envolveu dezenas de bandidos, resultou na morte do policial civil André Luís Ferro, integrante do Grupo de Operações Especiais (GOE). Para o roubo à Protege, os bandidos isolaram o quartel da Polícia Militar, onde ficam o CPI 10 e o 2º Batalhão da Polícia Militar. Uma força-tarefa integrada por policiais civis e militares de várias cidades da região estão em busca dos bandidos.

A ação planejada e executada pelos bandidos começou por volta de 1 hora. O crime foi desenvolvido em diferentes frentes. Na altura do quilômetro 522 da Rodovia Marechal Rondon, um caminhão foi atravessado na pista para impedir a passagem de veículos, principalmente de reforço policial de outras cidades. Simultaneamente, foi ateado fogo a caminhões na frente do quartel da PM, e posicionados em pontos estratégicos,  os bandidos atiravam contra a unidade militar, dificultando a saída dos policiais. Há informações também de que houve cerco na Avenida Valdir Felizola de Moraes e no acesso ao aeroporto, para impedir a chegada da guarnição do Água.

Com medidas para impedir a chegada de policiais, os bandidos iniciaram a ação na Protege, com explosões e rajadas de metralhadora. A ação atingiu imóveis vizinhos.

As explosões e tiros foram ouvidos a mais de dois quilômetros de distância e duraram cerca de 20 minutos.

O valor levado pelos ladrões não foi revelado.

 

BUSCA

A polícia iniciou as buscas imediatamente, observando os muitos itinerários de fuga que podem ter sido usados pelos ladrões.

O lr1.com.br acompanha o caso e novas informações serão postadas no decorrer do dia.

 

você pode gostar também