Águas Andradina atua em caça-fraude com equipamentos de última geração

A concessionária Águas Andradina vem atuando ostensivamente no combate às fraudes em ligações de água. Para mais agilidade, a empresa investiu em recursos tecnológicos de última geração que auxiliam na detecção de irregularidades.

“Somente a Águas Andradina é autorizada a fazer qualquer intervenção nas instalações de rede de água”, enfatizou a coordenadora comercial da empresa, Natalina Lopes. Qualquer tipo de manipulação na ligação de água indevidamente, comente um crime passível de punição.

Fazer intervenção em redes e desvios nos ramais de água, ou manipular o hidrômetro e lacres, para consumir água tratada sem pagar, caracteriza-se crime de furto, tipificado no Artigo 155 do Código Penal e que prevê de um a quatro anos de reclusão, caso o suspeito seja condenado. Nos casos em que o furto ocorre com a participação de duas ou mais pessoas ou destruição de equipamentos, o crime é qualificado, o que eleva a pena para até oito anos de cadeia.

“Nos imóveis onde são flagrados os furtos de água, o responsável é indiciado e pode responder por processo criminal. O reestabelecimento do fornecimento da água ocorre somente após a regularização das pendências financeiras e técnicas para a nova ligação de água”, disse Natalina.

Tecnologia na detecção das fraudes
As equipes caça-fraude da Águas Andradina realizam vistorias diárias nas casas usando tecnologia avançada no combate ao furto de água. Os agentes utilizam, por exemplo, uma sonda especial que é inserida na tubulação. “O equipamento utiliza raios infravermelhos, como no controle remoto da TV, para fazer uma varredura da tubulação e verificar se existe alguma irregularidade que possa burlar a medição do hidrômetro. Tudo é realizado de forma ágil, sem a necessidade de quebrar o piso”, assegurou ela.

Outro equipamento que tem sido um aliado é o detector de ímãs. Com ele, mesmo estando no lado de dentro do imóvel, o técnico da Águas Andradina consegue verificar se existe um campo magnético fora do comum próximo ao hidrômetro – indício de que um ímã pode estar em uso para prejudicar ou impedir a medição do consumo de água.

Fraudes e suas consequências
De acordo com a Águas de Andradina, as fraudes em ligações de água, impactam de forma drástica no abastecimento de água da cidade, pois a manipulação indevida em ramais e redes de água, pode levar impurezas à rede, em consequência contaminar a água, comprometendo, assim, a qualidade da água distribuída à população, além de provocar vazamentos e perdas de água.

Outro fator preocupante, são os desperdícios causados pelo fraudador que não paga pelo uso da água, que acaba fazendo uso desenfreado, prejudicando a pressão da água distribuída à população.

Quem paga pelos fraudadores são todos os outros consumidores! Por isso é importante que a população faça denúncias!

Alerta
A Águas Andradina alerta para quem tem algum tipo de irregularidade em sua ligação deve procurar a agência de Atendimento para regularização. “Quando recebemos um cliente informando de alguma irregularidade, as tratativas são dadas de forma convencional, com isso, evita uma série de transtornos, tais como, acionarmos a polícia, abertura de boletim de ocorrência, e a exposição que possa surgir com a divulgação da imprensa”, finalizou a coordenadora.

Denúncia
A concessionária ressalta a importância da população fazer denúncias das suspeitas de ligações irregulares.
A Águas Andradina mantém um serviço de atendimento para receber denúncias de fraude, por meio do telefone 0800 775 0195 ou 18 3702 9189. A empresa assegura sigilo ao denunciante.

Da Redação

você pode gostar também