Idosos têm direito a cartão Passe Livre

A prefeita Tamiko Inoue entregou o Passe Livre do Idoso no CCI (Centro de Convivência do Idoso). Utilizado para o transporte de ônibus gratuito municipal, o cartão magnético do Governo de Andradina traz a foto e os dados do cidadão impresso direto no cartão.
Tamiko explica que facilitar o acesso ao idoso aos serviços públicos promove a cidadania. “Estamos em um trabalho constante para a garantia do respeito e à convivência familiar e comunitária ao idoso, sendo um papel fundamental de Governo solidificar estes direitos”.

Representando os demais idosos que são acompanhados pelo CCI, Benedita Aparecida dos Santos Oliveira, João Verga, Tereza Pedrão Munhoz e Laurice Alves Pereira receberam das mãos da prefeita Tamiko a carteirinha do Idoso.

Segundo a secretária de Promoção e Assistência Social, Elaine Vogel, todos os idosos acima de 60 anos tem direito a carteirinha, cujo cadastro pode ser realizado no CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) mais próximo. “O atendimento é feito de forma de orientação e o cidadão encontra a relação com a documentação necessária para a emissão da carteirinha”, afirmou Elaine.

Segundo explica a diretora de Proteção Básica, Luciane Malheiro, com o Estatuto do Idoso foram criados mecanismos para defesa do direito das pessoas da terceira idade e o Governo de Andradina vem garantindo ações como o CCI, que é um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para pessoas acima de 60 anos. “Eles participam de oficinas, entre elas cultural, esportivas, de beleza”.

Conforme destaca a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Marcela Arai, ressalta que são ofertados serviços de integração voltado a qualidade de vida dos idosos como o baile anual, a participação nos Jogos Regionais do Idoso e academias especiais.
Acompanharam também a diretora dos Programas de Transferências de Renda, Daniele Catarino da Rocha Lopes, a coordenadora de Políticas para Idosos, Mirtes Kobayashi, a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Marinalva Pereira, e a assessora Lucinéia Pereira.

Da Redação

você pode gostar também