Senai apresenta alternativa de reduzir conta de luz com sistemas fotovoltaicos

O Senai apresentou na quarta-feira (30), um novo projeto de sistemas fotovoltaicos, que faz parte do Programa Senai de Gestão Energética (PSGE). O evento contou com a participação de vários empresários e representantes do Senai de Três Lagoas.
“Percebemos que as pessoas estão muito curiosas para saber como o projeto funciona, como o financiamento pode ajudar na implantação e instalação do equipamento e em quem confiar, porque estamos vendo também muitos aventureiros no mercado ofertando produtos, mas sem corresponder às expectativas. E o Senai Empresa vem justamente nesse suporte de consultoria”, disse o gerente do Senai Empresa, Rodolpho Caesar Mangialardo.

De acordo com o gerente do Senai de Três Lagoas, Antônio Carlos de Campos Faria, um dos compromissos da instituição é aumentar a competitividade das indústrias. “Apresentar um projeto que ajuda a empresa na economia em suas despesas de luz é algo que contribui para atingirmos nosso objetivo. Além disso, a energia fotovoltaica pode trazer novos pontos de negócios”, comentou.

O gerente geral da agência do Banco do Brasil em Três Lagoas, Julio Jara, ressaltou a parceria entre a instituição financeira e o Senai. “São duas instituições de nome bem forte e de confiança. É muito importante para o banco fazer o financiamento, sabendo que uma instituição como o Senai fez toda a análise sobre a viabilidade do projeto”, disse.

Na avaliação do analista técnico do Sebrae/MS em Três Lagoas, Marcos Lima, a apresentação do programa Sistemas Fotovoltaicos na região é importante para disseminar o conhecimento entre os empresários. “Vemos com muito bons olhos essa ação do Senai. Sabemos que não vai acontecer só em Três Lagoas, mas em todo o Estado e isso favorece para que nossos empresários tenham conhecimento sobre o assunto e possam levar para suas empresas”, afirmou.

EMPRESÁRIOS
Diretor da empresa Triaço, Ademir Celis Gonçalves, comentou a respeito do evento. “Eu tenho um projeto de montar uma empresa de instalação e talvez revenda. Queremos ser autossustentáveis em energia solar, a energia do futuro. É uma oportunidade de diminuir custos, sem falar na questão da sustentabilidade, já que é uma energia limpa, que não polui. Penso inclusive em criar no futuro uma matriz energética para vender para distribuidora daqui, algo que já tem na Alemanha”, detalhou.

“Na verdade, vim mesmo por conta da minha nova casa, que estou construindo e já quero implantar o sistema de energia solar para economizar na conta, mas também tenho interesse em implantar mais para frente na minha empresa”, contou o empresário Nelcir Friess, da JVN Aço.

SIMULAÇÃO
Ao fim da palestra, o Senai Empresa ofereceu uma simulação para ver a viabilidade da redução do valor da conta de energia. Um dos interessados foi o assistente administrativo da Komatsu Forest, Rodrigo Fernando. “Vim representando a empresa para saber a viabilidade de implantarmos o projeto e dentro de seis anos conseguimos pagar o investimento”, disse.

SISTEMAS FOTOVOLTAICOS
Para o empresário interessado em instalar em sua indústria um sistema de placas fotovoltaicas, o Senai oferece consultoria, orientando, de maneira técnica, sobre fatores como preços de mercado, linhas de financiamento disponíveis e viabilidade da instalação, além de firmar parcerias com o Banco do Brasil, que financia para empresários os custos do projeto, via FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-oeste), e com o Sebrae, que subsidia até 80% do valor da consultoria. Pessoas físicas, por sua vez, que desejam instalar o sistema em imóveis residenciais, por exemplo, podem contrair financiamentos comuns para custear a instalação das placas solares em qualquer instituição financeira. (Perfil News-Três Lagoas)

Da Redação

você pode gostar também