Técnico do Sport justifica saída de Everton Felipe do time titular por negociação

A diretoria do Sport negou, mas o fato é o que meia Everton Felipe tem uma proposta na mesa do Spartak Moscou. Quem confirma, agora oficialmente, é o técnico Vanderlei Luxemburgo. Em entrevista coletiva, o comandante explicou a razão da saída dele do time titular dando espaço para Wesley porque o jovem está com “sete milhões na cabeça”. O desfecho do negócio sai nesta quinta-feira, quando fecha a janela de transferências da Europa.
“Éverton está fora do time porque está com sete milhões de euros na cabeça. Conversei bastante com ele essa semana. Com isso na cabeça, não tem como o jogador manter o foco. Então, achei melhor tirá-lo porque pode acontecer alguma lesão ou problema, mas vou levar e ele vai ficar no banco. Espero não ter que utilizá-lo”, declarou.
Luxemburgo ainda foi adiante e revelou detalhes da relação saudável com o prata da casa. “Éverton conversa muito comigo e até chegou para mim: ‘se o senhor fosse o meu pai, o que diria pra mim?’. Eu disse que não tenho filho feio assim. Mas conversei com ele, acho legal essa iniciativa dele de procurar para ouvir. Claro que não vou dizer o que falei para ele”, finalizou.
Seguno informações colhidas pelo Superesportes, o interesse do time que disputa a Liga do Campeões no atleta se tornou mais incisivo desde o fim do mês de julho quando a diretoria do Sport recebeu uma oferta oficial no dia 24. Após uma negativa, os russos aumentaram os valores e passaram a cobrir os impostos que caberiam ao Leão. O valor estimado do acordo é de 3,5 milhões de euros apesar do discurso de Luxemburgo

Da Redação

você pode gostar também