Zoonoses prepara campanha de vacinação antirrábica para setembro

A campanha de vacinação antirrábica da prefeitura de Castilho será realizada na área urbana de 11 a 13 de setembro. A vacina é voltada a cães e gatos, a partir dos três meses de idade. Segundo o médico veterinário, Fernando Jorge, do setor de Zoonoses, a meta é vacinar aproximadamente três mil animais. A vacina é contraindicada para fêmeas que estão no final de gestação e para animais em tratamento com antibióticos. A data de vacinação na área rural será definida posteriormente.

Para aplicação das doses, a equipe de vacinação- composta pelos agentes e veterinários vão percorrer três bairros diferentes da cidade. A divulgação da campanha nesses bairros será feita previamente com carro de som. Haverá pontos de vacinação funcionando durante o dia todo (das 8h30 às 16h30).

No dia 11, o posto de vacinação será no Centro comunitário do Leão 1. Serão atendidos animais dos bairros Paulo Sérgio, Musa Telles, Alípio, e Chequir Abud. No dia 12 o posto será no Centro na Zoonose, anexo aos CIS (Centro Integrado de Saúde). Dia 13 o atendimento serão em dois pontos distintos. Um no Clube da 3ª Idade para atender animais dos bairros Nelson Borges, Olga Benário e Alvorada. Já o outro ponto será no Centro comunitário do Laranjeiras, abrangendo ainda o bairro José Augusto (Trovão azul).

A secretária de Saúde, Janini Nascimento, pede que os animais sejam conduzidos aos locais de vacinação com guia e coleira. “No caso de animais bravios, é necessário o uso de focinheira. Além disso, o animal deve ser acompanhado por pessoa que possa contê-lo durante a permanência no posto de vacinação”, ressaltou. O procedimento é gratuito e não há necessidade de apresentação de documentos.

CONTROLADA
A raiva é uma doença fatal, que pode ser prevenida por meio de imunização. A vacina estimula o organismo a produzir anticorpos contra o vírus rábico. De acordo com o médico veterinário, Castilho não registra casos de raiva em cães e gatos há pelo menos 20 anos. “Com certeza esta constante campanha ano a ano é a grande responsável pelo controle da doença na cidade”, concluiu Fernando Jorge.

Da Redação

você pode gostar também