Cemitérios públicos de Araçatuba terão arquivo digital em site mundial

Uma parceria entre a Prefeitura de Araçatuba e a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IJCSUD) está transformando os registros dos dois cemitérios públicos de Araçatuba, o Da Saudade e o Recanto Paz (Rosele), em arquivos digitais.

Após digitalizados, os registros e todos os documentos associados ficarão disponíveis para consulta eletrônica e posterior acesso no site mundial Family Search (familysearch.org). A Prefeitura receberá, ao fim do processo, um arquivo físico em disco rígido para computadores (HD) com as mesmas informações, para pesquisa e uso próprio.

Daiane Alves, supervisora da empresa que presta serviços de digitalização de documentos à organização Family Search, está há 10 dias no cemitério Da Saudade e estima aproximados cem mil documentos a serem digitalizados somente nesta necrópole, de onde posteriormente seguirá para o Recanto Paz. O livro mais antigo constatado até agora data do ano de 1928. “Creio que a estimativa de 100 mil será confirmada, já que estou quase à metade do volume dos documentos e já superamos 40 mil digitalizações”, relata a supervisora.

Marcio Saito, atualmente vereador de Araçatuba, é membro e diretor de Assuntos Públicos da IJCSUD – Estaca Araçatuba e foi quem fez a ponte entre a instituição religiosa e a prefeitura de Araçatuba. Em visita ao prefeito DIlador Borges, Saito e Fabio Antonio Giacomelli, presidente da Estaca Araçatuba, explicaram o formato do serviço prestado e o funcionamento do sistema informatizado, bem como propuseram a parceria, que declaram ter sido bem aceita pelo prefeito. “Ele concordou, assinamos o contrato de parceria e em menos de um mês já estávamos aqui (no cemitério), fazendo a digitalização”, ilustra Giacomelli.

Saito salienta que a parceria para digitalização dos registros dos cemitérios e o serviço de disponibilização das informações em rede mundial são totalmente gratuitos, sem qualquer custo aos cofres públicos municipais. Todo o processo técnico, gastos com profissional, equipamento, viagens e estadia são custeados pela IJCSUD.

“Nossa parceria traz benefícios mútuos. A prefeitura e as famílias de Araçatuba e região passam a ter um registro detalhado, eternizado e gratuito de suas histórias e de seus antepassados, e a Igreja cumpre seu papel de perpetuar seus princípios primordiais de valorização da família, dos laços que existem entre as pessoas, suas histórias de vida e a herança histórica da cidade que os acolheu, abrigou e recebeu, grata, suas obras e feitos sociais”, completa Giacomelli.

Walquiria Queiroz, administradora do cemitério, valoriza o trabalho que está em andamento. “É maravilhoso imaginar que todas essas referências estarão disponíveis para acesso mais fácil e rápido a toda a população. Aqui residem histórias de pessoas e fatos que marcaram gerações e momentos que merecem ser conhecidos e eternamente lembrados”.

Após o término dos procedimentos nos cemitérios públicos de Araçatuba, a supervisora Daiane Alves segue para Birigui, que receberá os serviços da Family Search.

DA REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também