Tenda da Saúde marca presença na 29ª Festa do Folclore

A Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas marcou presença na 29ª Festa do Folclore com a unidade móvel do Programa Municipal DST/Aids e Hepatites Virais, na distribuição de preservativos e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, e também por meio de uma tenda, previamente reservada para as equipes de Vigilância e Saneamento.

A “Tenda da Saúde”, como foi identificada pelas pessoas que estiveram na Festa do Folclore, atendeu a quase 900 pessoas, nas noites de sexta-feira (11), sábado (12) e durante o dia de domingo (13).

“Foi uma excelente oportunidade das nossas equipes mostrarem o trabalho que realizam nos seus respectivos setores e orientarem a população sobre as ações de prevenção”, comentou o diretor do Departamento de Vigilância e Saneamento, Francisco Joaquim da Silva (“Chiquinho”).

“Muita gente passou, parou em frente, olhou e se interessou em saber e pedir orientações sobre o que estávamos expondo”, observou Chiquinho.

Nos três dias, segundo informou a coordenadora do Setor de Entomologia, Geórgia Medeiros, a “Tenda da Saúde” contou com a presença de servidores das equipes de Promoção da Saúde, CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Vigilância Epidemiológica, Endemias e DANTS (Doenças e Agravos Não Transmissíveis).

As pessoas que visitaram a “Tenda da Saúde” tiveram a oportunidade de ver e receber material educativo sobre uma série de doenças, como, dengue, leishmaniose, Zika vírus, febre amarela e chikungunya.

Nas tendas, como explicou Geórgia, a população também conheceu de perto alguns exemplares de animais peçonhentos, capturados pelas nossas equipes e armazenados em vidros, como, cobras, escorpiões, aranhas e lacraias; mosquito flebótomo, bicho barbeiro (doença de chagas), caramujo (biophalária) – transmissor da esquistossomose, também conhecida como “barriga d’água” e mostruários de larvas e alados (mosquito adulto) do aedes aegypti.

Da Redação

você pode gostar também