Deslizamento em Serra Leoa deixa ao menos 200 pessoas soterradas

Um gigantesco deslizamento de terra próximo à capital de Serra Leoa, Freetown, deixou “centenas” de mortos nesta segunda-feira (14), informam as autoridades locais. Segundo um porta-voz do governo, Sinneh Kamara, ao menos 200 teriam morrido soterradas, mas líderes locais dizem que “ainda é muito cedo” para afirmar a quantidade de pessoas que estavam nas residências. A informação é da agência Ansa.

Para ajudar nos resgates, militares estão sendo enviados para a localidade para ajudar nas operações e dezenas de corpos já foram localizados. O país está sendo afetado por fortes monções (chuvas e enchentes sazonais), que causaram graves problemas por toda a nação durante o fim de semana.

De acordo com o jornal The Sierra Leone Telegraph, cerca de 200 corpos foram retirados da lama e levados a um hospital em Connaught. Desses, 60 eram crianças.

Agência Brasil

você pode gostar também