Técnico testa terceira escalação e mostra dúvida entre Schuster e Aislan no Náutico

A escalação do Náutico para enfrentar o América-MG, líder da Série B, segue indefinida. Na manhã desta quarta-feira, o técnico Roberto Fernandes voltou a testar as formações com dois meias e, depois, com três zagueiros. Deixando ainda como incógnita a escalação. A novidade ficou por conta do teste com Willian Schuster. O volante foi acionado na vez de Darlan, mas foi sacado para dar lugar a Aislan na segunda parte do treinamento, dando indícios de que é a única dúvida na equipe.

Na primeira parte do treino, o técnico armou o time com dois meias, assim como nesta terça. A diferença foi a troca de Darlan por Schuster. A formação foi composta por Jefferson; David, Feliphe Gabriel, Breno Calixto e Manoel; Amaral, Willian Schuster, Diego Miranda e Bruno Mota; Gilmar e Érick.

Em seguida, Roberto Fernandes abriu mão de Schuster e posicionou Aislan ao lado de Breno e Peliphe, voltando ao 3-5-2 testado na última segunda-feira. A diferença, porém, ficou na ala esquerda com a permanência de Manoel, enquanto Diego Miranda, que foi acionado na lateral naquela oportunidade, desta vez seguiu no meio de campo.

Os testes seguirão como pistas. Nesta quinta-feira, antes da viagem para Minas Gerais, o técnico comandará um treinamento fechado à imprensa, reforçando ainda mais o mistério sobre a escalação da equipe.

Da Redação

você pode gostar também