Edema no joelho persiste, e Dedé será afastado das atividades do Cruzeiro

O zagueiro Dedé será afastado das atividades no Cruzeiro, informa o departamento médico do clube. O defensor passou por uma ressonância magnética que confirmou que o edema ósseo no joelho esquerdo persiste. Não há previsão de retorno do atleta aos campos.

“Ele estava fazendo as atividades com todo cuidado. Apesar dessa atenção especial, ele fez um exame e ficou constatado que a lesão continua”, resumiu o médico Sérgio Freire Júnior.

Dedé tem convivido com as lesões, dificultando o prosseguimento da sua carreira. Com a camisa celeste, o zagueiro chegou a ser convocado para Seleção Brasileira pelo técnico Luiz Felipe Scolari em 2013. Ele esteve na lista dos relacionados para os amistosos com Coreia do Sul e Zâmbia. No clube, foi peça importante no bicampeonato brasileiro. Com as seguidas contusões, tudo mudou.

Depois de ficar fora do futebol por um ano e 22 dias por causa de uma grave lesão no joelho direito, Dedé voltou a jogar em 21 de março deste ano. O zagueiro disputou sete partidas, até sofrer um edema ósseo no joelho esquerdo, em junho. A previsão, na época, era que o jogador voltasse a atuar entre quatro a seis semanas.

Cobrado nas redes sociais, o zagueiro desabafou, no dia 1º de agosto.”Só quero deixar bem claro que não estou e nem nunca fui acomodado. Infelizmente veio esta lesão em um retorno onde estava me sentindo tão bem jogando. Cada dia que estava treinando eu achava que nunca mais teria uma lesão, mas infelizmente tive e está sendo muito difícil para mim. Estou tentando voltar”, escreveu Dedé, finalizando a mensagem com um trecho da música ‘Clareou’, interpretada pelo sambista Xande de Pilares.

Dedé disputou 98 partidas com a camisa do Cruzeiro até aqui, e marcou nove gols.

Da Redação

você pode gostar também