Camila Cabello fala sobre bastidores de álbum solo em entrevista para a revista Wonderland

Com mais duas músicas do álbum “The Hurting, The Healing, The Loving” lançadas, Camila Cabello falou sobre os bastidores do disco e das sessões para “OMG” e “Havana”. A cantora é destaque da revista Wonderland deste mês.

“Então, ‘Havana’ foi uma ideia que eu tive para o título de uma canção, muitas das minhas músicas são mais obscuras e emocionais. Esta é mais verão, faz sentido?”, disse sobre a faixa lançada na semana passada. “Foi bem legal, fiz com o Pharrell, é uma história sobre me apaixonar por esse cara de Havana”, continuou.

Já sobre “OMG”, Camila comentou trabalhar com Charli XCX. “Ela sempre foi muito legal comigo. Antes de eu a conhecer, acho que ela me mandou um tweet por causa de ‘Bad Things’ e depois expressou que queria escrever para mim. Claro que eu sou uma grande fã e ela uma grande compositora”, disse.

Camila ainda comparou o processo de estúdio como artista solo e no Fifth Harmony. “É bem diferente, no grupo gravávamos músicas por duas semanas, era um processo muito rápido. Tipo, às vezes fazíamos cinco músicas em um único dia, era ‘ok, você canta esse verso, você esse outro’ e depois você gravava e era assim, mas este agora tem sido… Provavelmente porque eu tive a chance de realmente compor e fazer as canções e estar mais envolvida nos aspecto da produção e mixagem. Definitivamente mais desafiador, mas mais divertido, com certeza”, comentou.

Da Redação

você pode gostar também