Araçatuba tem maior estiagem em 20 anos

Araçatuba não registra chuvas há 50 dias e já é a maior estiagem dos últimos 20 anos. A informação é do Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (Ciiagro) e a última precipitação foi registrada no dia 14 de junho, o que torna esse inverno o mais seco da série histórica do Ciiagro, iniciada em 1996. De acordo com o Instituto Climatempo não há previsão de chuva para os próximos 15 dias, o que agrava o problema das queimadas, intensificadas ainda mais com os ventos do mês de agosto, consequentemente deixando o ar mais seco.

Antes do período de estiagem a cidade registrou 130,2mm de precipitação acumulada em sete dias de chuva em maio, o maior volume para o mês desde 2007, quando choveram 162,4mm. Em junho deste ano foram sete dias de chuva e o acumulado ficou em 31,8mm, sendo que a média é de 41,7mm.

Já o mês de julho não registrou nenhum dia de chuva, situação que só ocorreu nos anos 1998 e 1999. Normalmente, a média para o mês é de 27,2mm, maior apenas que a de agosto, que é de 25,7mm. Nos anos que antecederam a crise hídrica no Estado de São Paulo julho e agosto, os dois meses mais secos do ano, tiveram os piores índices da série histórica do Ciiagro, mas ainda chegaram a acumular precipitação, o que torna este ano uma exclusividade, já que não houve nenhuma chuva.

Outro período de estiagem semelhante a este foi registrado em 1998, quando Araçatuba ficou 45 dias sem chuva (entre 20 de junho e 03 de agosto). Mais recentemente, em 2006 a cidade “secou” por 37 dias entre 28 de junho e 03 de agosto. Essa característica deste período do ano provoca o aumento das queimadas.

No dia 30 de julho o Liberal publicou reportagem sobre focos de incêndio em diversas cidades da região, como Três Lagoas, Gabriel Monteiro, Clementina e Castilho, e chamou a atenção também para queimadas nas rodovias. Uma das principais causas são as bitucas de cigarro que caem na vegetação seca e dão início aos focos de incêndio. Os usuários de rodovias devem ligar para o Corpo de Bombeiros (193) em caso de incêndio na beira da pista.

UMIDADE DO AR

De acordo com o Instituto Climatempo não há previsão de chuva para os próximos 15 dias em Araçatuba. O clima deve permanecer mais fresco e com temperatura abaixo dos 30 graus até este domingo, dia 6. A partir do dia 7 ela já sobe para a casa dos 30 graus, o que faz cair a umidade relativa do ar. Araçatuba tem registrado índices próximos a 30% entre 14h e 17h e a partir do dia 6, domingo, deve ficar abaixo dos 30% nestes horários, o que é considerado Estado de Alerta.

Para não comprometer a saúde, já que não há previsão de chuva para os próximos 15 dias, as dicas são para evitar exercícios físicos ao ar livre nos períodos de sol mais quente (entre 11h e 15h); umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água; permanecer em locais protegidos do sol sempre que possível e ingerir muita água.

FERNANDO VERGA – Araçatuba / SP

 

você pode gostar também