Lançado o programa que quer revolucionar o urbanismo de Araçatuba

Em evento realizado na tarde de ontem no auditório do Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), no recinto de exposições, a Prefeitura de Araçatuba lançou apresentou o Programa Calçada Segura. A vice-prefeita Edna Flor disse que o programa vai muito além da calçada, pois representa a preocupação do governo com o bem estar do cidadão. “Mobilidade é muito mais do que trânsito”, disse Dilador. Durante o evento foram proferidas palestras sobre o programa, que pretende, com a participação da sociedade, revolucionar o urbanismo da cidade a partir de um novo conceito de calçada. O presidente da Câmara, Rivael Papinha, também destacou a iniciativa.

“Em nosso plano de governo falamos em cuidar das pessoas. Calçada segura é cuidar das pessoas. É saúde, pois evitar queda das pessoas e prejuízo para a saúde, e, principalmente, traz sofrimento para as pessoas. É pensando nas pessoas que a nossa administração está lançando este programa das calçadas”, disse o prefeito Dilador Borges. Segundo Dilador, trata-se de um programa sem prazo para terminar, pois à medida que a cidade cresce, ele sendo implementado. O prefeito frisou que vai buscar recursos junto ao governo federal para já está fazendo a sua parte. Os novos projetos de obras públicas (construções e reformas) já vão constar a calçada segura.

O secretário de Planejamento Urbano e Mobilidade, Tadeu Consoni, explicou que trata-se de um projeto muito amplo. Um dos pontos que servirão de modelo é a calçada da Santa Casa. Consoni disse que será um projeto integrado com a Praça Jaime de Oliveira, resgatando um espaço público que hoje está muito degradado, criando um ambiente confortável para as pessoas.

Outros pontos referenciais previstos são as calçadas do Cemitério da Saudade e do Estádio Municipal Adhemar de Barros. Consoni que o município vai pleitear dinheiro junto ao Ministério das Cidades para implantar o programa em vários prédios públicos. Além disso, vão trabalhar junto aos engenheiros e arquitetos no sentido de constarem este tipo de calçada em seus projetos.

ABERTURA

A solenidade de abertura do evento contou também com a presença de Cláudio Conz, da – Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), gerente de planejamento do Ministério das Cidades, Martha Martorelli e representantes da Associação Brasileira de Cimento Portland. Cláudio Conz falou da importância do programa não apenas do ponto de vista de segurança aos pedestres, mas também econômico, pois vai movimentar o comércio de material para construção e de mão de obra. Martha Martorelli destacou a efetiva participação da sociedade na iniciativa – presença de centenas de pessoas.

EXEMPLOS

O padre Luigi Favero, reitor do Unisalesiano, citou que várias cidades da Europa valorizam as calçadas e a mobilidade. Ele, ao chegar em Araçatuba e saber do encontro, fez questão de participar para dar o seu testemunho de aprovação pela iniciativa.

PALESTRAS

Em outra fase do evento, foram proferidas palestras por Martha Martorelli, Erika Mota, Ricardo Moschetti (ambos da ABCP) e secretário de Planejamento Urbano e Habitação e Mobilidade Urbana, Tadeu Consoni, fará a apresentação oficial do Programa Calçada Segura, junto à gerente de planejamento Denise Carvalho Schneider. Dilador encerrou o evento.

ANTÔNIO CRISPIM – Araçatuba

você pode gostar também