Enderson releva importância de pênalti e destaca merecimento em vitória do América

O América conquistou mais uma importante vitória na caminhada rumo ao acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. O Coelho bateu o Juventude, um concorrente direto pela vaga na elite do futebol nacional, em Caxias do Sul, e manteve a liderança da competição até a próxima rodada. Para o técnico Enderson Moreira, ainda que o triunfo tenha sido alcançado com um gol de pênalti, a equipe mineira mostrou competência também no restante do confronto e foi merecedora do resultado.

Os comandados de Enderson Moreira não se deixaram abalar pelo fato de jogar fora de casa. O Juventude havia sido derrotado somente uma vez na Série B jogando no Alfredo Jaconi. O América trabalhou bem a bola e teve mais oportunidades que o rival, além de saber se defender com competência e segurar a pressão dos donos da casa, principalmente no segundo tempo.

“Foi muito merecida a vitória. Nossa equipe soube fazer o jogo com qualidade, argumentamos na hora que era para colocar a bola no chão, atrair o adversário. Buscar espaços, criamos boas oportunidades e soubemos filtrar bem as ações do Juventude. Eles têm jogadores muito perigosos e que poderiam definir a partida em uma jogada”, analisou Enderson.

“Nossa equipe criou situações para ganhar o jogo. Se de pênalti ou se tivesse sido em outra jogada, acima de tudo, foi o merecimento da equipe. Marcou bem, teve qualidade nas transições e soube fazer o jogo com tranquilidade”, complementou.

Enderson também explicou as mudanças feitas na equipe. O treinador não teve Ruy e Norberto, vetados pelo departamento médico alviverde. Para as duas vagas, o comandante resolveu improvisar volantes que não deixaram a qualidade e o ritmo do Coelho na competição cair.

“Infelizmente perdemos o Norberto no último treinamento. Nós treinamos o tempo todo com ele, mas o Juninho já tinha jogado de lateral em algumas situações na carreira. Ele já conhecia um pouco a função e estamos sempre estimulando os jogadores a fazer outras funções. Às vezes, no jogo, é preciso. (…) É uma vitória do grupo. Ele tem dado uma prova de qualidade. Mesmo com a ausência do Ruy, do Renan, e de outros que ficaram de fora, a equipe demonstrou qualidade de jogo e do elenco. O que é fundamental para uma competição como a Série B”, disse.

Da Redação

você pode gostar também