Dirigente do América considera negociação improvável de Messias com Corinthians

Um dos nomes cotados para reforçar a defesa do Corinthians, o zagueiro Messias, de 22 anos, vive grande fase no América. Se o time paulista realmente tiver interesse em contratá-lo, terá dificuldade. Pelo menos é o que garante o superintendente geral do clube mineiro, Paulo Assis.

“Sabemos que o Corinthians precisa de um zagueiro. O Messias é jovem, grande jogador, mas não tivemos contato nenhum e creio que ele tenha um mercado amplo, para o exterior. Não sei se o Corinthians estaria disposto a pagar alto”, disse o dirigente do América ao Estado de São Paulo.

O América é o atual líder da Série B do Campeonato Brasileiro, e Assis acredita que isso também pesa para que o jogador permaneça no clube por mais um período. “Estamos na briga pelo acesso e não vamos abrir mão de nenhum jogador assim. Pelo menos até confirmar o acesso. Ele tem contrato, está feliz aqui e não faz sentido negociá-lo agora”, completou.

Messias tem contrato até dezembro do ano que vem. Embora negue qualquer conversa sobre o jogador com o Corinthians, Assis lembra que a relação entre os clubes é boa. “Temos um relacionamento muito bom com o Corinthians, até porque ainda temos uma parte do Rodriguinho”, explicou.

A diretoria corintiana admite a procura por jogadores para a posição, mas nega ter negociação em atividade e pressa para o acerto com algum zagueiro. Até o momento, o técnico Fábio Carille conta com Balbuena, Pedro Henrique e Léo Santos para o setor. Pablo está machucado e Vilson está em fase final de recuperação de uma artroscopia.

Da Redação

você pode gostar também