Secretaria de Educação encontra mais livros impróprios para crianças em kits

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Araçatuba divulgou mais uma lista de livros considerados inapropriados para a educação infantil que foram encontrados nos kits destinados ao projeto Tenda Cultural, criado pela gestão passada. No início de 2017, logo após a transição dos governos, a SME analisou o material escolar disponível e apontou algumas irregularidades e, entre elas, foram mencionados livros com temas como Bíblia do Churrasco e 99 Conselhos Sobre Vinhos, entre os destinados ao ensino de crianças de berçário até 5º ano.

No entanto, a equipe que iniciou a abertura dos kits Tenda Cultural, que contém, cada um, uma tenda, mesas, cadeiras e 2000 livros, com média de cinco volumes por título, constatou, já no primeiro kit, 950 livros com temas inapropriados para o público infantil das escolas municipais.

Entre os temas com maior potencial polêmico estão: Magia Para Duas ou Mais Pessoas; Vamos Falar de Álcool (com uma criança na capa); Como Colocar Os Pais Na Linha; Fazendo Contato (conversa com mortos na TV); Os “Desmandamentos” (sobre ter mente aberta); além de dicas de beleza, livros para concursos públicos, finanças, gramática e literatura para estudantes mais velhos e de ensino médio.

Segundo Cláudia Simone Brenha Simões, dirigente da educação infantil municipal, a expectativa é de que os outros kits estejam praticamente iguais, mas informa que todos serão abertos e verificados. No total são nove kits semelhantes a serem verificados.
O ex-secretário de Educação, Luiz Carlos Custódio, afirma que a mostra apresentada pela empresa estava correta e que apenas o item relativo ao projeto Tenda Cultural, que foi adquirido junto com outros produtos, apresentou erros. O material foi entregue no final de sua gestão. A empresa que forneceu os kits se propôs a fazer a troca dos inadequados e já mandou uma lista de literatura infantil que se encaixe na faixa etária para seleção. Ainda segundo a empresa, a troca será imediata assim que informada a necessidade e a escolha dos novos títulos .

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

você pode gostar também