Secretaria aponta superavit comercial de mais de 10 milhões de dólares

Dados divulgados pela Sedecti (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), por meio do projeto Observatório de Inteligência Econômica, apontam que a balança comercial da cidade de Birigui apresentou um superavit comercial de US$ 10.428.554 (dez milhões quatrocentos e vinte e oito mil quinhentos e cinquenta e quatro dólares) no primeiro semestre de 2017.

O superavit comercial ocorre quanto as exportações da cidade superam as importações.
O município exportou durante o semestre US$ 21.547.356 (vinte e um milhões quinhentos e quarenta e sete mil trezentos e cinquenta e seis dólares) e importou US$ 11.119.802 (onze Milhões quinhentos e quarenta e sete mil trezentos e cinquenta e seis dólares).

Segundo o Observatório de Inteligência Econômica, os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). “O Observatório analisa o MDIC e demais órgãos que atuam com o comércio, indústria e demais setores que geram renda ao município. É um trabalho da Sedecti que visa acompanhar a evolução dos indicadores econômicos da cidade de Birigui”, destacou o secretário municipal gestor da Sedecti, Nelson Giardino.

O Observatório de Inteligência Econômic tem por objetivo, ainda, realizar estudos e pesquisas econômicas para suprir as demandas de informações e conhecimentos dos agentes econômicos do município, além de subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas voltadas a geração de emprego, renda e ao desenvolvimento local.
“Agregar, gerar, disseminar e estimular são as palavras-chave do projeto Observatório de Inteligência Econômica de Birigui. É um trabalho extremamente importante, feito com muita dedicação pelos profissionais da Sedecti”, completou o secretário Nelson Giardino.

Da Redação

você pode gostar também