Morre Liu Xiaobo, Nobel da Paz que lutava pela democratização da China

O intelectual chinês e ganhador do Prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo morreu hoje (13) em um hospital no Norte do país, segundo um comunicado oficial. Xiaobo tinha 61 anos e passou os últimos nove na prisão, em consequência do seu ativismo pela democratização da China.

Liu Xiaobo foi libertado da prisão por razões médicas no mês passado, para tratar de um câncer de fígado em estado terminal diagnosticado em maio.

O Nobel da Paz foi preso em dezembro de 2008 e condenado a 11 anos de prisão, após ajudar a escrever a Carta 08, manifesto que pede reformas democráticas e respeito aos direitos humanos na China.

Agência Brasil

você pode gostar também