Projeto de empreendedorismo para alunos da rede municipal capacita professores

A prefeita de Andradina, Tamiko Inoue participou da primeira aula do curso de capacitação e empreendedorismo para 30 professores das escolas de período integral municipal que tem como objetivo estimular o protagonismo dos jovens alunos da cidade.Aplicado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Emprego e Renda em parceria com a Secretaria de Educação, o curso conhecido como JEEP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos) do Sebrae, incentiva a quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores.

“Esta iniciativa visa capacitar professores introduzindo praticas de aprendizagem dentro da metodologia dos alunos de 1 a 5° ano como incentivo na busca do autoconhecimento, além do espírito de coletividade e atitudes necessárias para a gerência da própria vida pessoal, profissional e social”, disse Tamiko.

Para o secretário de Desenvolvimento, Hugo Zamboni, o Governo Municipal vem desenvolvendo diversas frentes e ações e o curso JEEP é uma delas. “Promover o empreendedorismo na criança desde pequena desperta o olhar critico para o mercado e a economia e ainda o interesse em ser um investidor, ter seu próprio negócio, sua própria fonte renda, cria outra relação entre trabalho e fonte de renda”, explicou.

De acordo com a secretaria de Educação, Lucilene Novais o objetivo maior da educação é formar cidadãos preparados para o futuro. “O currículo formal foca em habilidades específicas e quando temos parcerias como essa do Desenvolvimento com o Sebrae, abre-se um leque de opções, uma ferramenta a mais para o professor que enriquece o aprendizado e faz a diferença na vida das crianças”, finalizou.

Conforme informações do Sebrae o JEEP vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco: aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos; aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente; aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas e aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes. Dessa forma, a solução, aliada a um ambiente propício à aprendizagem, favorece o envolvimento dos jovens estudantes no próprio ato de fazer, pensar e aprender.

DA REDAÇÃO – Andradina

você pode gostar também