Assistência Social realiza 11ª Conferência Municipal para Fortalecimento do Suas

A Prefeitura de Araçatuba realizou, na sexta-feira (30), a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social, na sede do Sindicato dos Aposentados. Sob o tema Garantia dos Direitos no Fortalecimento do SUAS, a conferência teve palestra de Vanessa Belão, com público espectador entre usuários, técnicos da rede, entidades assistenciais e profissionais do município. Segundo Thiago Mendes, presidente do Comas, contando todo o processo entre as 15 pré-conferências e a própria conferência, somaram quase 1000 pessoas atingidas.

O prefeito Dilador Borges e a vice-prefeita Edna Flor abriram oficialmente o evento às 8h30 da manhã, dividindo a mesa diretora com o presidente da Câmara Municipal, Rivael Papinha, o presidente do Comas (Conselho Municipal de Assistência Social), Thiago Mendes, as secretárias municipais Maria Cristina Domingues (Assistência Social), Silvana de Sousa e Souza (Educação) e Tieza Lemos Marques (Cultura), bem como a presidente do Conselho Deliberativo do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Deomerce Damasceno, e a presidente do FSS, Assunta Curti.

Dilador discursou com o tom de “somos todos ferramenta de mudanças”, sobre como a Secretaria de Assistência Social tem-se desdobrado, junto a todas as entidades que trabalham com o social e a solidariedade. “Cumpro o meu papel de gestor também ao cuidar de buscar os convênios com o Estado de São Paulo, reivindicar a parte que já é nossa e que não vamos deixar de trazer para a Araçatuba. É com o bom exemplo dessa grande equipe que aprendemos, todos, a trabalhar juntos pelo sucesso de Araçatuba”, valorizou.

Edna Flor celebrou por hoje poder falar em garantia de direitos, que considera uma mudança importante de discurso e postura política. “Por muito tempo falamos em lutar por direitos, em brigar, em confrontar. Foram muitos anos de lutas para que pudéssemos ter essas palavras pra dizer aqui hoje, mas tenho certeza que agora podemos contar com as condições necessárias para cumprir o que está sendo comprometido nesta conferência”, finalizou.

SUAS

O SUAS tem como eixos estruturantes: a matricialidade sócio-familiar; descentralização político-administrativa e territorialização estabelecendo novas bases para a relação entre Estado e sociedade civil; financiamento; controle social com participação popular e normas definidas para informação o monitoramento e a avaliação além de política de recursos humanos própria. Estabelecendo ainda a organização da assistência em dois níveis de proteção, divididos em proteção social básica e proteção social especial de média e alta complexidade.

DA REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também