Construção de dois centros de educação darão vagas a 440 crianças

O bom momento na indústria movimenta a economia no município e contribui direta e indiretamente com o mercado de trabalho. No entanto, mães como Suzi Neves, 32, e Rose Siqueira, 31, se veem impedidas de buscar uma vaga de emprego por não terem onde deixar os filhos. “Não temos dinheiro para pagar uma babá”, disse uma delas. Cada uma tem um filho de, respectivamente, 1 e 3 anos. Ambas, moradoras da Vila São João, são vizinhas há mais de 10 anos.
Como cumprimento da valorização humana, a construção de dois Centros de Educação Infantil (CEI) vem como solução dos problemas enfrentados por pais e mães nos bairros Jardim das Acácias e Vila São João. Cada CEI terá capacidade de atender pelo menos 220 crianças em período integral. Atualmente as construções estão em fase de levantamento das paredes e o ritmo é considerado acelerado.

A construção dos centros de educação infantil é fruto de convênio entre o Governo Federal e o Município. O valor conveniado chega a quase R$ 4 milhões, somando-se as duas obras. A contrapartida do município se deu com o fornecimento da área utilizada e aterro do local. A previsão de término das obras é de 10 meses, o que segundo a Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Transito (Seintra) é um prazo plausível e deve ser obedecido, dependendo apenas das liberações da verba por meio da PAC2.

As construções respeitam o Projeto Padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As escolas de educação infantil são destinadas a crianças na faixa etária de 0 a 5 anos e 11 meses.

DA REDAÇÃO – Três Lagoas

você pode gostar também