Biel dá sua versão para caso de injúria, se disse um produto fabricado e fala de reconciliação consigo mesmo

Um ano após o episódio que foi o divisor de águas na sua carreira e vida pessoal, Biel dá, segundo ele mesmo, a sua versão para o caso de injúria e assédio sexual pela primeira vez. Ano passado, o cantor foi condenado a pagar 4,4 mil reais a uma instituição de caridade depois de uma jornalista registrar queixa contra o artista. Constrangida com o “se a pegasse, quebraria no meio”, Giulia Pereira, do iG, formalizou a denúncia e o cantor pediu posteriormente desculpas públicas em vídeo postado no Youtube.

Em um vídeo de 13 minutos compartilhado também no Youtube nesta segunda-feira (26), Biel fala de reconciliação consigo mesmo no último ano, de recomeço e se descreveu como um produto fabricado. “Ninguém nunca me chamou de Biel. Eu sempre fui o Ga para quem sempre importou para mim, mas quando Deus mudou o meu destino de médico para cantor eu tive que pensar em um nome artístico e aí que ele surgiu. Então foi criado um personagem no qual todos os envolvidos no trabalho queriam que desse dinheiro e o que dá dinheiro imediato? Tirar a camisa. Letras eróticas. Fazer quadradinho. Letras egocêntricas. ‘Nada tem sabor depois que prova do Biel’. Nenhuma dessas letras foi composição minha. Nem o sotaque era meu”, diz. “Não foi a toa que depois de alguns anos de sucesso, tudo foi abaixo”, continua

Biel ainda mostra várias reportagens veiculadas na época do caso de injúria, de uma batida de trânsito que também levou o cantor à uma delegacia por omissão de socorro, seu corte do trajeto da Tocha Olímpica e seu pedido de desculpas na época. Depois do tempo longe dos holofotes, o cantor diz que é “um outro ser humano”. “Voltei a pensar mais com a minha cabeça. Voltei a ter mais contato com a minha família, a ter meus amigos de volta, contato com os verdadeiros valores da vida que tinham escapado do meu ser com tanto jogo de interesse ao meu redor”, afirma se dizendo que na época não tinha limites. “Agora sim tudo vai começar de verdade”, aconselhou os fãs a quem também agradeceu o apoio durante todo esse tempo.

Assista ao vídeo completo em que ele responde a vários questionamentos feitos na época. “Eu errei. Você não ficou sabendo de 5% dessa história toda (…) Se te dão esse tipo de letra para cantar o que esperam que você fale nas entrevistas”, perguntou. Confira:

Da Redação

você pode gostar também