Para muitos, 29 de novembro de 2016 nunca deveria ter existido. O que seria a véspera do dia mais especial da história dos então 43 anos da Chapecoense se transformou em tragédia e reverberou de diversas formas no futebol mundial. Nas semanas seguintes, o clube catarinense “protagonizou” jogos que nunca aconteceram. E um deles foi justamente contra o Atlético, pelo Campeonato Brasileiro, em 11 de dezembro.

O primeiro encontro entre as duas equipes na competição desde o queda do avião 2933, da LaMia, ocorrerá neste domingo. Chapecoense e Atlético até se enfrentaram em 1º de março de 2017, no empate por 2 a 2 pela Primeira Liga. O jogo, no entanto, pouco representou para a sequência da temporada dos times.

Desta vez, no entanto, a partida significa muito. A Chapecoense busca se recuperar após a vexatória goleada por 5 a 1 sofrida contra o Flamengo, nessa quinta-feira. Já o Atlético contará com um time reserva na tentativa de se afastar da zona de rebaixamento.

“A gente sempre se coloca no lugar do outro. Se tivéssemos sofrido uma goleada, estaríamos ‘mordidos’ e querendo mudar o placar. Lá (em Chapecó), eles têm um time forte, jogam com bola aérea. O nosso momento é ruim e precisamos dar um alívio para nós mesmos, os familiares e os torcedores”, avaliou o centroavante Rafael Moura, que será titular no lugar do poupado Fred.

Para deixar a zona incômoda do campeonato, o Atlético precisará quebrar um tabu: o time alvinegro nunca derrotou a Chapecoense na Arena Condá. Foram poucos encontros, mas o jejum incomoda. Em quatro jogos, os catarinenses venceram dois e empataram outros dois. Foram quatro gols marcados e seis sofridos pelo time alvinegro.

A primeira partida do confronto ocorreu na Arena Condá, em 17 de março de 2010. Sagaz garantiu a vitória por 1 a 0 da Chape sobre o Atlético, pela partida de ida da 2ª fase da Copa do Brasil. Na volta, o Galo atropelou os rivais, que ainda disputavam a Série C, e venceu por 6 a 0. Diego Tardelli (duas vezes), Fabiano (duas vezes), Júnior e Renan Oliveira fizeram os gols do time alvinegro.

JOGO DOS MANDANTES
Se em Chapecó o Atlético nunca venceu, em Belo Horizonte a situação é exatamente a inversa. Foram quatro vitórias alvinegras em quatro jogos na capital mineira. Os mandantes marcaram 13 gols e sofreram apenas um.

Atlético e Chapecoense se enfrentam a partir das 19h deste domingo, na Arena Condá. O jogo é válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Da Redação