Atlético x Chapecoense colocará pai treinador e filho zagueiro em lados opostos

A família Mancini estará dividia no jogo entre Atlético e Chapecoense, neste domingo, às 19h, na Arena Condá, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Do lado alviverde, o treinador Vagner Mancini, de 50 anos. Do alvinegro, o zagueiro Matheus Mancini, de 22 anos. Pai e filho se enfrentam pela primeira vez.

Contratado pelo Galo em abril deste ano, Matheus deve fazer a estreia pelo Atlético em Santa Catarina. No treino desta sexta-feira, Roger esboçou o time com Giovanni; Yago, Matheus Mancini, Rodrigão e Leonan; Roger Bernardo, Rafael Carioca, Marlone, Otero e Valdívia; Rafael Moura.

“A expectativa é a melhor possível pela estreia num clube gigante, contra meu pai, num jogo que nunca imaginei ter essa dimensão. É muito bom”, disse Matheus.

“Somos profissionais e tenho de esquecer que sou filho dele. Defendo o Atlético e ele a Chapecoense. Cada um brigará pela vitória. Isso tem de ser colocado de lado”, acrescentou.

Matheus disse que ainda não conversou com o pai sobre a possibilidade de jogar no fim de semana. “Nem comentei com ele para não passar informação. Ele já deve estar sabendo”, comentou.

O jovem zagueiro surgiu com destaque no Botafogo-SP. No clube paulista, foi campeão da Série D do Brasileiro de 2015. O Atlético viu potencial no atleta e o contratou. A expectativa era de utilizá-lo no time Sub-23, que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Ele, contudo, deve ganhar oportunidade entre os profissionais com Roger Machado.

Da Redação

você pode gostar também