Tarek Dargham participa do “Sala de Visitas” da Clube FM e fala sobre a criação de empregos

O prefeito de Guararapes, Tarek Dargham, do PTB, esteve presente nos estúdios da Clube FM, 96,3, de Araçatuba, como convidado do programa “Sala de Visitas”, comandando pelo jornalista Nivaldo Franco Bueno. A atração teve a participação e cobertura da equipe do Jornal O Liberal. Na conversa, o mandatário de Guararapes, dentre outras coisas, contou histórias de sua administração, e falou sobre o incentivo que o município tem dado para a instalação de novas empresas na cidade. O programa vai ao ar hoje (18), a partir das 8h30, na Clube FM de Araçatuba.

Tarek começou falando do seu início como político. Nascido na própria cidade de Guararapes, o prefeito afirmou que um ex-prefeito do município foi quem lhe fez o convite para entrar na política. “Entrei a convite do Juca Miranda, ex-prefeito, que me convidou ainda quando eu era estudando, com 21, 22 anos de idade, a ser candidato a vereador. Fui eleito e naquele mandato, que era de 4 anos, foi prorrogado para 6 por uma coincidência das eleições e logo depois fui reeleito para outro mandado de 6 anos, então fiquei 12 anos na Câmara Municipal, tendo sido presidente da Câmara por duas vezes, disputei uma eleição e perdi em 1988 e fui prefeito por 3 mandatos: entre 93 e 96, depois voltei em 2001 e fiquei até 2008, e agora retornei para o quarto mandato”, se apresentou.

Casado com Glória, Tarek Dargham tem três filhos: Tarek Júnior, Guilherme e Samira, além de 4 netos. Ele afirmou estar animado para a sequência deste quarto mandato na prefeitura, mas ressaltou ter encontrado dificuldades as quais não imaginava: “Sabíamos que ia ser difícil, mas não tanto, não esperava tantas dificuldades principalmente na área de precatórios, temos lá quase 18 milhões de reais para ser pagos só neste ano. Algumas coisas eu já paguei, mas tem um precatório de 20 anos que está em torno de 15 milhões de reais, é o nosso maior desafio para esse ano”, contou. Segundo Tarek, este precatório não está orçado, já que a administração passada recebeu a notificação para o pagamento em 2016, mas com uma liminar conseguiu postergar a dívida para o atual mandato.

REFORMA ADMINISTRATIVA
Segundo o prefeito, a maioria dos trabalhadores efetivos do quadro da prefeitura é da própria cidade, mas cita que foi necessário um enxugamento da máquina para que não faltasse recursos para a administração em educação e saúde. “Nós pegamos só o necessário mesmo, precisamos economizar tudo que é possível para podermos fazer alguma coisa no município. Sempre gostei de prestigiar o funcionário de carreira, apenas nos cargos de direção a gente escolhe pessoas com capacitação, mas ainda sim temos funcionários concursados nestas funções, como é o caso do nosso diretor de esportes”, contou.

PRIMEIROS MESES DE GOVERNO
O prefeito avaliou que o início de seu trabalho foi bastante complexo por conta da situação econômica do país. Tarek Dargham afirmou que a frota de veículos tinha vários problemas que precisaram ser acertados entre janeiro e fevereiro, principalmente veículos referentes ao transporte de pacientes e de estudantes.

Tarek citou também o problema com as chuvas que ocorreu nos primeiros meses do ano. “Em janeiro recebemos a maior chuva dos últimos anos, fomos notícia nacional, e eu tive problema com pontes que caíram e para concertá-las eu precisei mandar arrumar algumas máquinas e caminhões que estavam encostados”, afirmou.

Segundo o prefeito, porém, está tudo sob controle no momento. “Já estamos conseguindo fazer o processo de tapa-buraco tranquilamente, o transporte de alunos está bem, e acabou de chegar uma boa quantidade de medicamentos que mandamos comprar para a área de saúde. E eu preciso agradecer aqui aos vereadores, que têm me ajudado com a aprovação dos principais projetos”, completou Dargham.

GERAÇÃO DE EMPREGO
O prefeito revelou no bate-papo que está oferecendo áreas bem localizadas para empresas que quiserem se instalar na cidade de Guararapes. Ele revelou que está em negociações avançadas com uma empresa que deve gerar mais de 200 empregos na cidade. Tarek, porém, prefere não citar o nome do empreendimento para não atrapalhar as últimas negociações.

O mandatário citou também a instalação da empresa Guimatur, do setor de transportes, que chegou à Guararapes em 2017 sob sua administração, também ajudando na geração de postos de trabalho. “Estamos fazendo todo o procedimento legal para trazer as empresas para cá, estamos tendo solicitação de áreas para empreendimentos menores, de 10 ou 15 empregos, e estamos trabalhando em cima do incentivo legal que a lei nos dá. Guararapes está de portas abertas para o empresariado. Oferecemos o terreno, terraplanagem e todo o suporte necessário”, afirmou Tarek.

Da Redação

você pode gostar também