Araçatuba lança edital do Concurso Nacional de Contos

A Secretaria Municipal de Cultura publicou no dia 9 edital do 30º Concurso de Contos Cidade de Araçatuba, que neste ano homenageia o escritor Acyr Lima de Castro, ex-diretor da Faculdade de Odontologia da Unesp em Araçatuba. O objetivo do concurso é estimular a criação e a difusão da Literatura em língua portuguesa e de novos autores nacionais; as inscrições estarão abertas a partir de 12 de junho e seguem até 28 de julho. O edital completo está na página da Secretaria de Cultura: www.secretariacult.blogspot.com.br.

Podem participar autores de todo o país, desde que maiores de 18 anos, e é vedada a participação de servidores da Secretaria de Cultura e de pessoas que estejam na comissão que irá julgar os contos inscritos. As vedações estendem-se aos parentes até segundo grau e também a cônjuges e companheiros(as). O concurso terá uma edição reduzida neste ano ao contemplar apenas uma categoria, a nacional. “Optamos por não dividir os concorrentes, uma vez que a própria definição do concurso de contos estabelece a sua abrangência, que é nacional”, explicou a secretária da Cultura, Tieza Marques de Oliveira. O livro com os contos selecionados não será lançado neste ano; ele será bienal, ou seja, a Secretaria agrupará os vencedores de 2017 com os de 2018 em uma obra só.

Essas medidas foram tomadas em um momento em que a Secretaria de Cultura sofre com fortes cortes orçamentários, de cerca de 45% no primeiro quadrimestre deste ano. Eliminar outras categorias e diminuir o volume de livros impressos barateia o concurso para os cofres públicos.

Entretanto, a secretária afirma que o afunilamento na categoria nacional é para valorizar os autores locais. “Nossos escritores são muito talentosos, muito mesmo. Por isso, entendemos que não precisam ter uma categoria menor, restrita. Eles podem concorrer com autores de todo o país e nós acreditamos que farão bonito, porque, repito, são muito, muito talentosos”, defende Tieza.

INSCRIÇÃO
O conto deve ser inédito, ou seja, nunca ter participado de publicação em livro impresso ou digital, seja coletânea ou individual, ou de qualquer concurso literário. A inscrição é feita em duas etapas. A primeira é online: o texto deve ser encaminhado para o e-mail 30concursocontos@gmail.com, no formato PDF, contendo apenas o pseudônimo do autor até a data limite (Anexo 1). Além do texto, o participante deverá encaminhar no mesmo e-mail um segundo anexo contendo informações pessoais, conforme explica o edital (Anexo 2). O participante deve atentar-se para não colocar seu nome no arquivo com o pseudônimo, o que motivará sua desclassificação.

A cópia impressa deve ser encaminhada por Correios e com Aviso de Recebimento (AR) até a data limite, 28 de julho, para o endereço da Secretaria de Cultura (Rua Anita Garibaldi, 75, Centro – CEP 16010-028). O texto deve estar em fonte Times New Roman, corpo 12, espaço duplo, em papel A4, margens de 2,0 cm, formato PDF e com no máximo 10 páginas e no mínimo duas. As obras inscritas serão divulgadas no dia 31 de outubro nos sites da Prefeitura (www.aracatuba.sp.gov.br) e da Cultura. Cada autor pode inscrever apenas um conto.

PREMIAÇÃO E JULGAMENTO
O primeiro lugar receberá o valor de R$ 3 mil; R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. Todos os participantes receberão certificados e também serão concedidas menções honrosas aos classificados de 4º a 10º lugar. O edital estabelece que a comissão julgadora, formada por membros da Academia Araçatubense de Letras (AAL), é independente e soberana para, inclusive, empatar, criar menções honrosas e outras decisões que julgar coerentes, desde que não ultrapassem os limites orçamentários e regimentais previstos no edital.

Serão levados em consideração critérios como impacto do estilo, adequação à temática, qualidade técnica, inovação. Em caso de empate, a pontuação conquistada nos critérios clareza e coerência servirão para definir o texto vencedor. Caso persista o empate o representante da Secretaria de Cultura escolherá o vencedor, lembrando que a comissão analisa sem saber o autor, indicado apenas por um pseudônimo.

Fernando Verga

você pode gostar também