Fla e Galo decidem Copa do Brasil Sub-20

A taça vai ganhar um novo dono nesta sexta-feira. Flamengo e Atlético Mineiro decidem, às 16h, na Estádio Luso Brasileiro, no Rio, o título da Copa do Brasil Sub-20, que terá um campeão inédito. A expectativa é de casa cheia no novo estádio do Rubro-Negro.

A torcida do Flamengo promete lotar a recém apelidada Ilha do Urubu, e os que quiserem ajudar a encher as arquibancadas podem saber mais sobre os ingressos clicando aqui. A ESPN e o SporTV transmitem a partida ao vivo para todo o Brasil, e todos os bastidores da decisão terão cobertura da CBF TV.

Motivado pelo empate em 1 a 1 no Independência, o Flamengo depende de apenas uma vitória simples diante de sua torcida para garantir a taça para a Gávea. A equipe do técnico Gilmar Popoca chega invicta para a final e ganha “reforços” para este jogo de volta. O volante Vinicius Souza e o lateral Michael, além do goleiro Neneca, retornam do Torneio de Toulon, disputado com a Seleção Brasileira Sub-20, e estão prontos para jogar.

Com uma base de meninos entre 18 e 19 anos, o Flamengo ainda deve manter boa parte deste elenco para as competições sub-20 do ano que vem. Um dos destaques da equipe, o meia Gabriel Silva, porém, joga sua última Copa do Brasil, e assim como alguns outros, tem uma última oportunidade de levantar a taça, com direito ao apoio da torcida.

– Eles estão confiantes. É a grande oportunidade dessa geração, de uma conquista nacional. Tento controlar os ânimos com muito papo. Mas, no campo, optamos por trabalhar com muita intensidade – destacou Popoca.

O Atlético Mineiro já fez história nesta Copa do Brasil. Na semifinal, diante do Vasco, o Galo arrancou uma vitória heroica em São Januário, já nos minutos finais, para reverter o placa adverso do jogo de ida e garantir uma suada vaga na decisão.

A decisão agora é contra o Flamengo, outra grande força do futebol carioca e que também pretende encher a casa. Porém, conseguir o resultado fora de casa não é um mistério para o Alvinegro. O time do técnico Ricardo Resende venceu as três últimas partidas longe de casa – Ponte Preta, Chapecoense e Vasco – e parece se sentir bem à vontade como visitante.

– A gente vai manter a nossa mesma forma de jogar. Por mais que o empate leve a decisão para os pênaltis, nosso objetivo é impor o nosso ritmo e vencer o jogo. É claro que não precisamos do mesmo ímpeto do jogo contra o Vasco, pois precisávamos de dois gols de diferença. Planejamos vencer o Flamengo na primeira partida, mas falei que era importante não ir para o Rio com placar adverso. O empate deixou a decisão em aberto – analisou o treinador alvinegro, que revelou que vai a campo com o mesmo time do último jogo.

Na final da Copa do Brasil Sub-20 não há o critério de gol qualificado fora de casa, portanto qualquer empate leva a decisão para a disputa de pênaltis. Entretanto, pelo discurso dos treinadores, ninguém vai entrar em campo para ver o título ir para a marca fatal.

Da Redação

você pode gostar também